metropoles.com

Autópsia preliminar indica que Maradona morreu por insuficiência cardíaca aguda

Ídolo da Argentina e do futebol mundial morreu aos 60 anos nesta quarta-feira (25/11)

atualizado

Compartilhar notícia

David Cannon/Allsport
Diego Maradona
1 de 1 Diego Maradona - Foto: David Cannon/Allsport

A autópsia preliminar feita na noite desta quarta-feira (25/11) indicou que Diego Armando Maradona morreu por insuficiência cardíaca aguda. O procedimento teve 2h30 de duração.

A análise indicou que Maradona sofreu uma insuficiência congestiva crônica, resultando em um edema no pulmão. Uma nova autópsia, definitiva, será divulgada em até 48 horas.

O Canal 5 notícias, da Argentina, afirmou que a família do craque desconfia que o quadro de Maradona pode ter sido causado por erro em prescrição de medicamento. Além disso, a alta recebida após cirurgia no cérebro também é questionada.

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comEsportes

Você quer ficar por dentro das notícias de esportes e receber notificações em tempo real?