Conheça canais do YouTube Brasil que estão no Clube do Bilhão

De paródias a esquetes de humor, produtores nacionais conseguiram se juntar ao seleto grupo de influencers com mais de 1 bilhão de views

atualizado 25/10/2019 19:36

Avishek Das/SOPA Images/LightRocket /Getty Images)

O YouTube tem tomado conta não somente dos Estados Unidos, mas também do Brasil – lançando carreiras de sucesso para influencers como Whindersson Nunes. Não por coincidência, esses artistas são alguns dos mais vistos, acumulando mais de 1 bilhão de visualizações em seus vídeos. Eles não são os únicos; por aqui, há um grande número de criadores de conteúdo que conseguiram entrar para o “clube do bilhão”.

Para o especialista em mídias digitais e professor de publicidade no Iesb, André Imbroisi, um bilhão de visualizações é um número expressivo. “Imagina em um país como o nosso, que tem mais de 200 milhões de pessoas, é como se cada cidadão brasileiro tivesse assistido pelo menos cinco vezes aquele vídeo. Levando em consideração que existem pessoas sem acesso ao conteúdo, podemos pressupor que alguns usuários consumiram esse produtor por diversas vezes. A mensagem é passada, repassada e fixada”, explica.

Marca difícil

Atualmente, é muito difícil um único vídeo alcançar mais de 1 bilhão de visualizações – um espaço reservado a clipes de música, como Despacito de Luis Fonsi e Daddy Yankee. Quando o tema são esquetes de humor e outros tipos de conteúdo, a marca é alcançada pelos canais – ou seja, todo o conteúdo daquele criador somado atinge o número expressivo.

Para Imbroisi, vídeos músicas conseguem essa marca gigantesca mais facilmente por se tratar de um interesse universal. “A música tem esse poder, mas não é de hoje. Antigamente, pelo custo de um álbum, a dificuldade era maior. E mesmo assim as faixas chegavam a um milhão de vendas. Hoje, com a internet a internet sendo mundial, as pessoas tem isso na palma da mão”, argumenta.

Claro que não existem apenas canais voltados para música no YouTube. Há a parte do streaming controlada por influencers e outros tipos de criadores. Embora pareça fácil para essas pessoas, ainda é complicado alcançar um número tão alto. Canais como Mas Poxa Vida, de PC Siqueira, e 5incominutos, de Kéfera Buchmann, não chegaram ao bilhão, apesar da fama dos criadores. A youtuber, por exemplo, participou de novelas da Globo e de filmes recentemente.

Claro que uma pessoa que tem muitas visualizações tende a ser influente, mas a influência tem a ver com o um poder de falar algo e contaminar as pessoas com esse discurso”

André Imbroisi,especialista em Mídias Digitais

E toda essa corrida por visualizações tem o intuito de monetizar os vídeos do criador, o AdSense – ferramenta de publicidade da Google – leva esse número em consideração. “Cada publicidade dentro do conteúdo é um dinheiro a mais na conta do produtor. Logo, as pessoas com mais views, tem a atribuição publicitária melhor”, pondera Imbroisi. Ele acredita que exista um ciclo virtuoso: quanto mais se ganha, melhor a produção, quanto melhor a produção, melhor a publicidade.

Conheça o clube do bilhão brasileiro

Canal Nostalgia

O canal de Felipe Castanhari foca em conteúdo educativo e também sobre cultura pop. Com 12,4 milhões de inscritos, ele alcançou 1 bilhão de visualizações – o projeto está no ar desde 2011. O produtor terá sua própria série original na Netflix, onde ele escreve, apresenta e dirige. Seu conteúdo mais popular tem 16,4 milhões de visualizações e é uma canção da retrospectiva de 2015.

Felipe Neto

Um dos maiores youtubers no Brasil é Felipe Neto, que atua na plataforma há 10 anos. Seu canal tem 34,7 milhões de inscritos e pouco mais de 8 bilhões de visualizações. Embora tenha começado fazendo comentários com o personagem do Não Faz Sentido, seu conteúdo mudou drasticamente ao longo dos últimos anos após – principalmente, quando passou a ganhar seguidores mais jovens. Atualmente, ele produz paródias e vídeos de reação.

Luccas Neto

Irmão de Felipe Neto, Luccas é um youtuber que faz vídeos voltados a crianças. Com 26,9 milhões de inscritos, ele está na plataforma desde 2014 e já alcançou 7,6 bilhões de visualizações. Seu crescimento foi rápido, fenômeno normal para criadores de conteúdo infantil – o mesmo ocorreu, por exemplo, com Peppa Pig e Galinha Pintadinha. Esse tipo de material tende a ser assistido diversas vezes pelos usuários. Seu produto mais visto, por exemplo, tem mais de 84 milhões de visualizações.

Whindersson Nunes

Whindersson Nunes tem 37,2 milhões de inscritos e 3,1 bilhões de visualizações. Embora tenha começado sua carreira no YouTube, ele agora foca mais em seus espetáculos de stand-up comedy. O comediante lançou, recentemente, um especial na Netflix e um programa em parceria com o YouTube Originals, o Próxima Parada. Na nova atração, o piauiense viaja para diversos locais do mundo, como Nova York, Oslo, Paris e Tóquio.

Authentic Games

O canal de Marco Túlio rapidamente entrega seu estilo: “Gravo videos de conteúdos voltados para crianças de todas as idades”, no quais joga Minecraft, Roblox e até grava vlogs sobre sua vida. Com 17,7 milhões de inscritos, ele conseguiu quase 7,3 bilhões de visualizações desde que começou, em 2011. Em entrevista ao Metrópoles, o produtor afirmou sua meta: “passar os valores que [aprendeu] com [seus] pais é a [minha] missão principal”.

Porta dos Fundos

O grupo de atores e comediantes conseguiu uma fama estrondosa – alguns deles, inclusive, viraram apresentadores e/ou atores de novela. O canal, que começou em 2012, tem mais de 16,1 milhões de inscritos e quase 5,3 bilhões de visualizações. O conteúdo é direcionado a esquetes de comédia: o vídeo mais popular é o clássico Rola, com quase 33,4 milhões de visualizações. A trupe anunciou um reality show, produzido pelo YouTube Originals, em busca do próximo ex-integrante do Porta.

Ei Nerd

Acumulando quase 1,5 bilhão de visualizações, o canal apresentado por Peter Jordan tem uma produção elevada, compartilhando de 2 a 3 vídeos por dia. Ele acumula 8,5 milhões de seguidores. Em entrevista ao Metrópoles, Peter disse que o mercado para conteúdo geek tem crescido no Brasil: “A audiência brasileira segue a dos Estados Unidos, afinal, eles são os principais produtores da cultura pop ocidental”.

Casal de Nerd

Lucas e Nenha são um casal. Eles se conheceram enquanto jogavam on-line e se apaixonaram. Juntos, fazem vídeos sobre videogames, como Minecraft e Slither.io entre outros jogos populares. Seu vídeo mais famoso é o gameplay do jogo Who’s Your Daddy, com quase 5,4 milhões de visualizações.

Parafernalha

Formado em 2011, o canal Parafernalha tem se tornado um dos mais reconhecidos no Brasil. Semelhante ao Porta dos Fundos, faz esquetes de comédia. Com 12,1 milhões de inscritos, já alcançou quase 3,4 bilhões de visualizações. O vídeo mais popular do canal é FAÇO TUDO…, com quase 48,4 milhões de visualizações.

Últimas notícias