Dimosthenis Karmiris

Jornalista é demitido após comentário racista sobre atleta

Dimosthenis Karmiris questionou a habilidade do Jeoung Young-sik de jogar tênis, com base em uma característica física do sul-coreano

atualizado 29/07/2021 9:51

Dimosthenis KarmirisReprodução

O jornalista grego Dimosthenis Karmiris foi demitido do canal ERT esta semana após fazer comentários racistas durante a transmissão de um jogo de tênis das Olimpíadas de Tóquio. O comunicador questionou a habilidade do jogador sul-coreano Jeoung Young-sik, que enfrentava seu conterrâneo Panagiotis Gionis, por conta de uma  característica física dele.

“Coreanos não jogam tênis de mesa. Os olhos deles são estreitos, então não consigo entender como eles podem ver a bola se movendo para lá e para cá”, disse o jornalista, gerando uma repercussão bastante negativa na internet.

“Isso é absolutamente ridículo; e a gente se pergunta de onde vem o racismo sistêmico?”, perguntou uma internauta. “Sejam gentis. Ele acabou de chegar dos anos 1960 por meio de uma máquina do tempo”, ironizou outra.

Logo depois, a ERT confirmou a demissão do jornalista. “Comentários racistas não têm lugar na televisão pública. A colaboração entre a ERT e Dimosthenis Karmiris foi encerrada hoje, imediatamente após o programa matinal”, informou o canal em comunicado.

 

Últimas notícias