Eterno Vavá, de Sai de Baixo: relembre papéis de Luis Gustavo na TV

Ator morreu neste domingo (19/9), aos 87 anos, por complicações de um câncer de intestino, descoberto em 2018

atualizado 19/09/2021 18:40

Reprodução/TV Globo

Eternizado no papel de Tio Vavá, de Sai de Baixo, Luis Gustavo se consagrou como um dos ícones da teledramaturgia brasileira. Neste domingo (19/9), o ator morreu aos 87 anos, no interior de São Paulo, onde morava. O astro, que nasceu na Suécia e estreou na televisão em 1964, faleceu em decorrência de um câncer de intestino.

Com mais de 60 anos dedicados à arte de atuar, Luis Gustavo merece um capítulo especial na história da televisão. Alguns desses papéis marcaram época, como o detetive Mário Fofoca, de Elas por Elas (1982); o estilista Victor Valentim, da primeira versão de Ti Ti Ti (1985); ou Vanderlei Mathias, o inesquecível Tio Vavá, do humorístico Sai de Baixo (1996).

No ar atualmente no remake de Ti Ti Ti (2010), trama exibida no Vale A Pena Ver de Novo, Luis Gustavo ressurge como o famoso detetive particular de Elas por Elas (foto em destaque). A participação do artista foi parte da homenagem da autora Maria Adelaide Amaral a Cassiano Gabus Mendes.

0

Embora tenha aparecido nas telinhas pela primeira vez em 1964, em Se o Mar Contasse de Ivani Ribeiro, na TV Tupi; e o Direito de Nascer, no mesmo ano; o maior sucesso veio na pele do personagem título de Beto Rockfeller (1968), trama da emissora que revolucionou a linguagem do folhetim na TV. Retornou ao papel em A Volta de Beto Rockfeller (1973).

Também na Tupi, emendou outros sucessos: O Sorriso de Helena (1964), Estrelas no Chão (1967) e Os Inocentes (1974). A estreia na TV Globo foi como Ricardo, da primeira versão de Anjo Mau (1976); seguida de Duas Vidas (1976), na pele de Oswaldo.

Também protagonizou Te Contei? (1978); e, em 1982, deu vida ao atrapalhado detetive Mário Fofoca em Elas Por Elas, personagem que marcou sua carreira e deu origem a uma série no ano seguinte à novela.

Luis continuou a encantar o público com o malandro Ariclenes de Ti Ti Ti (1985), que se transformava no costureiro latino Victor Valentim, o radialista Juca Pirama de O Salvador da Pátria (1989) e deu vida e trejeitos ao azarado Firmino de Mico Preto (1990).

Luis Gustavo no papel de Vitor Valentim, na primeira versão de Ti Ti Ti

Em 1996, participou da criação do humorístico Sai de Baixo e deu vida ao icônico Tio Vavá, durante seis anos. Esteve ainda em O Beijo do Vampiro (2002); O Profeta (2006); Três Irmãs (2008) e Cama de Gato (2009).

Mario Fofoca, de Elas Por Elas, surgiu no remake de Ti Ti Ti

Recentemente, também esteve no ar na reapresentação de A Vida da Gente (2011), no papel de Seu Vidalgo, no horário das 18h da TV Globo. Também deu vida a Apolônio Fonseca em Joia Rara (2013); e ao Comendador Eustáquio Fragoso de Êta Mundo Bom! (2016).

Luis Gustavo em Malhação

Seus trabalhos mais recentes foram Malhação: Vidas Brasileiras (2018), como Heitor La Roche, e a série Brasil a Bordo, também naquele ano.

Quer ficar por dentro do mundo dos famosos e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoleshttps://t.me/metropolesfamosos.

Últimas notícias