Demissão em massa na TV Escola: 70 pessoas devem ser desligadas

Emissora é pública e mantida em parceria com o Ministério da Educação

atualizado 27/12/2019 12:32

Reprodução

Dezenas de profissionais da TV Escola terão um final de ano regado a tensão. Nesta sexta-feira (27/12/2019), nada menos do que 70 demissões devem ser anunciadas na emissora, que é pública e mantida em parceria com o Ministério da Educação (MEC).

De acordo com informações divulgadas nesta manhã pelo colunista Ricardo Feltrin, do portal UOL, os desligamentos serão apenas os primeiros e farão parte de uma demissão em massa que está apavorando a equipe do canal educativo.

Segundo a publicação, a decisão foi pelo fim da parceria entre o MEC e a TV Escola. O ministério é, atualmente, comandado pelo controverso Abraham Weintraub. Chama a atenção, no entanto, que no mês passado os conselheiros aprovaram a renovação do contrato por mais um ano.

Leia a matéria completa no site Overtube.

Últimas notícias