“Absurdo só gay interpretar gay”, diz diretor de Me Chame pelo Seu Nome

Homossexual, Luca Guadagnino afirmou que deseja a beleza da interpretação

atualizado 15/09/2020 17:52

luca guadagnino, cineastaReprodução/Guia Gay

Gay assumido, o diretor de Me Chame pelo Seu Nome, Luca Guadagnino, defendeu que atores heterossexuais possam interpretar personagens homossexuais.

Nos últimos anos, tem sido comum ouvir de parte da militância LGBT a tentativa de impor censura à arte ao querer determinar que tipo de profissional pode fazer determinado trabalho.


“Eu li muito sobre Freud para levar a sério esse tipo de crítica”, disse o cineasta ao jornal The Independent. “O que significa que honestamente eu não tenho direito de decidir se um ator é hétero ou não.”

Leia a matéria completa no Guia Gay, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias