Piora na pandemia de Covid-19 faz músicos voltarem atenção às lives

Novas regras de isolamento social fecharam bares e restaurantes em todo o país, o que pode causar o retorno das transmissões ao vivo

atualizado 04/03/2021 8:33

Gusttavo LimaLeo Franco / agNews

As lives com show tornaram-se comuns durante a pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. No começo do isolamento, em março de 2020, agendas de músicos de todo o país se chocavam e os fãs precisavam escolher qual transmissão assistir. Além disso, os altos números atingidos pelos artistas, principalmente da música sertaneja, eram de impressionar: Rainha da Sofrência, Marília Mendonça atingiu 3,31 milhões de acessos simultâneos em 8 de abril, enquanto a dupla Jorge & Mateus chegou ao ápice 3,24 milhões no dia 4 do mesmo mês.

Com o relaxamento das regras de isolamento e reabertura de bares e restaurantes, as lives foram perdendo sua força até chegarem ao seu derradeiro fim. Agora, um ano após o início da pandemia, o suspiro de alívio trouxe consequências: os números de mortes voltaram a subir, as regras de isolamento endureceram novamente e leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em todo o país voltaram a lotar.

No fim das contas, tudo indica que as lives com show podem voltar, já que estados de todo o país, incluindo o Distrito Federal, suspenderam novamente espaços públicos em prol da diminuição de aglomerações e, consequentemente, casos de coronavírus. Ao Metrópoles, sertanejos comentaram se pretendem voltar aos palcos on-line e garantiram que o momento é de muita incerteza.

“Até o momento não pensamos em fazer nenhuma outra live, somente lives corporativas. Ainda estamos analisando a situação, é difícil de dizer. Percebemos que a pandemia pode se estender pelo ano todo, é difícil ter uma resposta definitiva”, comenta Cristiano, que faz dupla com o cantor Zé Neto.

O mesmo afirmou a dupla Zezé di Camargo & Luciano, que está com show presencial marcado, considerando ainda a flexibilização de regras de isolamento. Já a assessoria de imprensa de Eduardo Costa e César Menotti & Fabiano disse que espera definições dos governos estaduais: “Esta semana será crucial para estas decisões”, completa.

Em contrapartida, o empresário Renato Sertanejeiro acredita que a tendência é que nos próximos dias, devido às limitações rigorosas ao segmento de entretenimento, ocorra a retomada de transmissões ao vivo.

“As lives vão voltar mas não na mesma frequência que era no ano passado, em março e abril, quando por final de semana chegava a ter de 20 a 30 transmissões online. Vamos ter a iniciativa de alguns artistas que inclusive, já apresentações virtuais previstas para este fim de semana”, explica Renato, que também é YouTuber.

0
Shows presenciais

No ano passado, a expectativa era que, com a chegada da vacina, o setor cultural entrasse em uma etapa de retomada gradual. No entanto, a nova onda da pandemia fez com que os planos de artistas e empresários fossem cancelados.

“Está todo mundo muito perdido. De fato, achávamos que a partir de julho iriam poder começar os eventos, os shows, até de uma forma ainda restrita, talvez limitada, mas teríamos um recomeço. Foi tudo por água abaixo”, desabafa Sertanejeiro.

Apesar do cenário repleto de incertezas, em um ponto, a maior parte dos empresários do segmento concorda: os shows presenciais não devem acontecer tão cedo.

“A voltas dos shows é algo muito incerto. Todo mundo que der um palpite, que colocar uma data que acha que volta, vai ser apenas um achismo ou uma projeção, não tem nada certo. Muitos acreditam que esse ano para show os grandes 40, 30, 50 mil pessoas, esse ano não volta mais. Todo mundo está muito perdido”, pondera Renato Sertanejeiro.

Fernando Borges, produtor de eventos em Brasília, onde um lockdown foi imposto pelo governador Ibaneis Rocha (MDB) até o próximo dia 15, afirmou que chegou a fazer alguns eventos corporativos neste ano, mas todos com regras rígidas, como quando o público deveria permanecer somente dentro do lounge restrito ao carro que estavam.

“Neste ano, a gente não vai ter grandes eventos. O brasileiro tem um sentimento de reunião a tempo integral, todo mundo gosta de se ver, se beijar, abraçar, cumprimentar, dançar junto”, considera.

Próxima live

Rei das lives com show, Gusttavo Lima não deixou a peteca cair e, mesmo com o relaxamento da pandemia, marcou mais uma transmissão ao vivo. O show on-line acontece neste sábado (6/3), às 20h, no canal do YouTube do sertanejo.

A voz de Café e Amor se apresenta no BBB21, com distanciamento considerável entre o artista e os participantes do reality show, com uma tela de acrílico e os demais músicos com máscaras. As medidas de segurança e restrições ocorrem na tentativa de minimizar os efeitos da Covid-19.

O Embaixador faturou mais de R$ 3 milhões com suas transmissões ao vivo, apenas de propagandas durante o show. Além disso, ele também está no ranking de lives mais assistidas do país, com 2,77 milhões de visualizações simultâneas em apenas uma de suas três apresentações.

Últimas notícias