Quatro razões para assistir a MIB: Homens de Preto – Internacional

Sem Will Smith e Tommy Lee Jones, franquia tenta se renovar com os astros Chris Hemsworth e Tessa Thompson, de Vingadores, e novo diretor

Giles Keyte/Sony Pictures/DivulgaçãoGiles Keyte/Sony Pictures/Divulgação

atualizado 11/06/2019 18:46

MIB: Homens de Preto – Internacional estreia nesta quinta (13/06/2019) nos cinemas do Brasil, criando um novo e inédito apêndice para uma das franquias mais carismáticas de Hollywood. Desta vez, porém, não espere ver o marrento agente J (Will Smith) e o sisudo K (Tommy Lee Jones) despedaçando alienígenas com suas armas high-tech. Baseada nos quadrinhos de Lowell Cunningham, a saga ganha ares globais e se expande na forma de spin-off protagonizado por Chris Hemsworth e Tessa Thompson, o Thor e a Valquíria do Universo Cinematográfico Marvel (MCU).

Situado após os eventos de MIB 3 (2012), no qual J teve que viajar no tempo para salvar o jovem K (Josh Brolin) da morte, MIB: Internacional se desenrola em Londres, sede europeia dos caçadores de extraterrestres administrada por T (Liam Neeson). De lá, os agentes H (Hemsworth) e M (Thompson) partem para outros locais do planeta em busca de novos invasores galácticos.

Retornam da trilogia apenas a agente O (Emma Thompson), chefe da sucursal norte-americana dos MIB, e Frank, o pug, dublado por Tim Blaney. Entram no elenco uma porção de novas criaturas, como Riza (Rebecca Ferguson, de Missão: Impossível), o amistoso Pawny (Kumail Nanjiani, de Doentes de Amor) e os gêmeos Les Twins, dançarinos franceses que já trabalharam com Beyoncé, entre outros artistas pop, e agora estreiam no cinema.

Quatro razões para assistir a MIB: Homens de Preto – Internacional:

Últimas notícias