Fênix Negra faz a pior bilheteria entre os filmes da franquia X-Men

Longa protagonizado por Sophie Turner saiu dos cinemas como o maior fracasso comercial da saga dos mutantes

Walt Disney/Fox/Divulgação

atualizado 18/08/2019 12:47

X-Men: Fênix Negra, lançado nos cinemas em junho, saiu de cartaz com a pior bilheteria entre os filmes da franquia dos mutantes. Com Sophie Turner, de Game of Thrones, no papel de Jean Grey, protagonista da história, o longa do diretor estreante Simon Kinberg (roteirista de X-Men: Apocalipse e cocriador de Star Wars Rebels) arrecadou US$ 252 milhões mundialmente.

A cifra é inferior aos US$ 296 milhões de X-Men (2000), primeiro capítulo da saga. Na bilheteria considerada “doméstica”, nos Estados Unidos e Canadá, o fracasso se mostrou ainda maior: apenas US$ 65 milhões, menos da metade de Wolverine: Imortal (2013), com US$ 132 milhões.

0

As três maiores arrecadações dos X-Men nos cinemas pertencem a Deadpool 2 (2018), com US$ 785 milhões, Deadpool (2016), com US$ 783 milhões, e X-Men: Dias de um Futuro Esquecido (2014), com US$ 747 milhões.

X-Men na era Disney

Lançado pouco depois da compra da Fox pela Disney, Fênix Negra deve encerrar o ciclo atual de personagens como Magneto (Michael Fassbender), Professor Xavier (James McAvoy) e Mística (Jennifer Lawrence).

Filmado em 2017, mas com lançamento constantemente adiado, o próximo capítulo da saga, Os Novos Mutantes, está previsto para estrear nos cinemas do Brasil em 2 de abril de 2020. O elenco traz nomes como Antonio Banderas, Anya-Taylor Joy (Fragmentado), Maisie Williams (Game of Thrones) e os brasileiros Henry Zaga e Alice Braga.

Últimas notícias