Especial de Natal do Porta dos Fundos mostra Jesus como líder político

Teocracia em Vertigem será lançado no canal do Youtube do grupo nesta quinta-feira (10/12)

atualizado 09/12/2020 20:46

Porta dos Fundos Especial de NatalReprodução

Nesta quinta-feira (10/12), quase um ano após o atentado à bomba em sua sede, o Porta dos Fundos lança um novo Especial de Natal – o oitavo da trupe. Teocracia em Vertigem, como o nome indica, é uma paródia do documentário de Petra Costa indicado ao Oscar, e aborda o lado político de Jesus.

“Só se fala em política, hoje toda conversa começa e termina com Bolsonaro. Por que não acrescentar isso no especial?”, justificou Fábio Porchat  durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (09/12).

A tentativa de censura sofrida pelo grupo em 2019 ocorreu como retaliação à narrativa do especial, que apresentava jesus como um homem gay. O ator e roteirista Antônio Tabet acredita que produção deste ano não fará tanto barulho,  assim como a versão mau-caráter de Jesus explorada no especial de 2018, que chegou a faturar um Emmy Internacional.

“O cidadão de bem, da tradicional família brasileira é mais tolerante com a político, que com valores que ele julga ser certo ou errado. Falar de deputados, corrução, isso tudo é permitido. Mas um homem se relacionar com outro homem, ainda é um tabu”, destacou.

0

A narrativa “mais light”, no entanto, não foi pensada para evitar represálias. “Nunca cogitamos como grupo não lançar o especial. Os acontecimentos do ano passado nos deixaram mais tristes do que com medo, por comprovarmos que estamos vivendo em um país radical“, avalia o ator João Vicente de Castro, um dos fundadores do Porta.

“Para a gente como empresa, é muito importante ter esse produto, é quase uma festa de fim de ano que vira um conteúdo. Arrisco a dizer que é melhor especial de Natal que a gente já fez”, completa João Vicente.

Risadas garantidas

Na sinopse do longa, Jesus é levado para a casa de Caifás depois de ter sido traído por Judas e julgado pelo conselho sacerdotal. Sem provas de qualquer acusação, o grupo elabora uma maneira de incriminá-lo. Pôncio Pilatos, governante romano de Judeia, também tem razões para decretar a morte de Cristo. E como ele não é bobo, joga a decisão para as mãos da galera.

“Adoro fazer Jesus, me sinto muito a vontade”, comentou Porchat na coletiva. Além de roteirista, ele interpreta o líder religioso, vivido por Gregório Duvivier  no ano passado.

A convite do Porta dos Fundos, o Metrópoles já conferiu a produção e garante que associação entre dois temas densos, religião e politica, não atrapalhou o objetivo do especial:  levar o público a dar muitas risadas.

“O humor é uma atividade política, como muitas outras, como a arte, o jornalismo”, ressalta Duvivier. “A gente no Porta sempre tem a risada como objetivo maior. As pessoas vem como conflitantes o ser engraçado e ser responsável. É engraçado se você estiver rindo com o coração no lugar certo”, acrescenta.

Elenco dos grandes

Teocravia em Vertigem tem o maior elenco entre especiais de Natal já lançados pelo Porta dos Fundos. Além dos integrantes fixos, serão 17 participações. entre elas as de Marcos Palmeira, Marco Gonçalves, Leandro Ramos, Pedroca Monteiro, Raphael Logam, Gabriel Louchard, Daniel Furlan, Raul Chequer, Renato Góes, Emicida, Petra Costa, Silvia Machete e Teresa Cristina.

Confira o trailer: 

 

Últimas notícias