Vai faltar cerveja no DF. Estoque para consumidor acaba em 48 horas

Sem abastecimento, bares, restaurantes e comércio em geral alertam sobre a escassez de bebidas no Distrito Federal

atualizado 25/05/2018 18:59

Michael Melo/Metrópoles

Depois de cinco dias de greve dos caminhoneiros, as distribuidoras de bebida estão com os estoques parados. De acordo com dados do Sindicato do Comércio Atacadista de Álcool e Bebidas em Geral do Distrito Federal (Scaab), 80% dos veículos responsáveis pelo escoamento dos produtos, como a cerveja, estão sem diesel.

Assim, a previsão é que em 48 horas os bares, restaurantes e lojas de conveniência de Brasília não tenham mais bebida para atender o consumidor.

“O desabatecimento já é esperado. Nossa situação se parece com a do aeroporto. Não tem como escoar os estoques. Só vão ter bebidas os estabelecimentos com grande quantidade de produtos, o que é difícil”, disse o presidente da entidade representativa, Érico Cagali.

Um vídeo de manifestantes liberando cerveja circulou em grupos de WhatsApp. Não se sabe ainda em qual estado. A concessão não ocorreu no DF.

Os brasilienses já sofrem com filas e postos sem combustível. Segundo o presidente do Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo do Distrito Federal (Sinpospetro-DF), Carlos Alves dos Santos, dos 322 estabelecimentos, apenas quatro tinham combustível por volta das 18h desta sexta-feira (25/5).

Além disso, o Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek cancelou 15 voos até as 16h.

Últimas notícias