Terceiro corpo encontrado em cisterna é de Ana Beatriz, confirma PCDF

Polícia Civil identificou os corpos das 10 pessoas assassinadas na maior chacina registrada no DF. Vítimas são da mesma família

atualizado 25/01/2023 12:46

Cláudia Regina Marques de Oliveira e Ana Beatriz Marques de Oliveira, ex-esposa e filha de Marcos Antônio Lopes de Oliveira, suspeito de envolvimento no desparecimento e assassinato de uma família inteira. As duas estão desaparecidas - Metrópoles Reprodução/Arquivo Pessoal

O terceiro corpo encontrado na madrugada dessa terça-feira (24/1), dentro da cisterna de uma casa abandonada no Núcleo Rural Santos Dumont, em Planaltina (DF), é de Ana Beatriz Marques de Oliveira, 19 anos, filha de Cláudia Regina Marques de Oliveira, 55 (ambas na foto em destaque).

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) confirmou a identidade da jovem, na manhã desta quarta-feira (25/1). Com isso, a corporação identificou as 10 vítimas da maior chacina registrada na capital do país.

A equipe de necropapiloscopia do Instituto de Medicina Legal (IML) do Distrito Federal também identificou os corpos de Thiago Gabriel Belchior, 30, e Cláudia Regina por meio de impressões digitais, na terça-feira (24/1).

No caso de Ana Beatriz, os investigadores precisaram encaminhar o corpo para o Instituto de Pesquisa de DNA Forense, da PCDF, para realização de exames genéticos. Os três corpos foram encontrados nessa madrugada, na cisterna de uma casa a cerca de 5 km do cativeiro onde vítimas da chacina foram mantidas reféns.

Extorsão

A PCDF acredita que a motivação para a barbárie seja financeira.

“A família foi levada ao cativeiro, onde pode ter sofrido violência e sido obrigada a fornecer senhas, contas bancárias e outros dados pessoais. Depois, (os suspeitos) mataram um por um”, disse o delegado responsável pelo caso, Ricardo Viana, chefe da 6ª DP (Paranoá).

 

Até agora, três suspeitos foram presos e dois são procurados. Carlomam dos Santos Nogueira, 26, deixou impressões digitais no cativeiro onde ficaram as vítimas e no carro de uma das pessoas assassinadas. O outro suspeito não teve o nome divulgado.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
0

Mais lidas
Últimas notícias