*
 

Encontrado em um terreno próximo à Ponte Honestino Guimarães no dia 6 de agosto em estado grave após ser espancado, o empresário e sociólogo Jelder Eric Lourenço, 25 anos, teve alta do hospital em que estava internado em São José do Rio Preto (SP). Agora, ele irá continuar a recuperação em casa, no interior de São Paulo. A informação foi confirmada por Marcelle Mammde, amiga da família.

Jelder foi socorrido e internado no Instituto Hospital de Base (IHB). Depois de muito esforço da família e dos amigos, o jovem conseguiu uma vaga na unidade de terapia intensiva (UTI) do IHBDF.

Natural de Macabaul, cidadezinha do interior de São Paulo com menos de 8 mil habitantes, o empresário morava sozinho em Brasília, longe dos pais, que vieram para Brasília para acompanhar a recuperação do filho no IHB, mas decidiram pela transferência do rapaz para São José do Rio Preto.

Para a transferência, a família do jovem fretou um avião particular, pago com parte do dinheiro arrecadado em vaquinha virtual promovida por amigos de Jelder. Ao todo, a iniciativa conseguiu juntar mais de R$ 45 mil para o tratamento do empresário.

De acordo com Marcelle, o estado do rapaz ainda é o mesmo. Jelder apresenta dificuldades para falar, em decorrência da traqueostomia realizada.

Jelder Eric foi encontrado gravemente ferido por funcionários do clube Associação dos Servidores do Senado Federal (Assefe). Até agora, a Policia Civil não tem informações sobre a autoria das agressões ou qualquer novidade do caso, investigado pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).