Secretaria de Saúde prevê a retomada de cirurgias eletivas em seis dias

Divulgado pela pasta nessa segunda-feira (19/10), prazo é para unidades de saúde se prepararem para volta dos procedimento suspenso em junho

atualizado 21/10/2020 12:15

Andre Borges/Esp. Metrópoles

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) comunicou, nessa segunda-feira (19/10), a previsão de retomada das cirurgias eletivas na rede pública do DF em até seis dias. Alertado às unidades de saúde, o prazo é para que a rede reabasteça os estoques com insumos e medicamentos utilizados durante os procedimentos.

Com os esforços da saúde pública voltados ao combate da pandemia do novo coronavírus, as cirurgias eletivas – aquelas em que não há urgência ou risco de vida do paciente para realizá-las – estavam suspensas desde 29 de junho.

No entanto, a pasta ressalta que, a depender do comportamento da taxa de estabilidade da pandemia, as intervenções cirúrgicas eletivas podem ter a retomada adiada.

Os procedimentos oftalmológicos, cardiovasculares, oncológicos, transplantes, além daqueles judicializados, são realizados pela rede pública.

0
Covid-19 no DF

A pandemia do novo coronavírus na capital federal tem dado sinais de retração. No último domingo (18/10), registrou-se a segunda queda na média móvel de mortes diárias consecutiva. Até então, o indicador apresentou valor de 17,3, um recuo de 15,3% em relação ao obtido duas semanas antes.

De acordo com os dados da SES-DF, desde o início da pandemia de coronavírus, o DF registrou 206,3 mil infecções e 3.575 óbitos em decorrência da doença. Nas últimas 24 horas, foram 20 mortes e 807 novas infecções.

Últimas notícias