DF só imunizou 54% do público-alvo contra a poliomielite e o sarampo

Na capital, 152.277 crianças de 1 a 5 anos deveriam ter sido vacinadas. A meta é atingir 95% até sexta (31/8), data do fim da campanha

Pedro Ventura/Metrópoles

atualizado 29/08/2018 20:03

A três dias do final da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo e a poliomielite, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) informou que apenas 54% das crianças de 1 ano a 5 anos foram imunizadas.

Até a última sexta-feira (24/8), 172,4 mil doses haviam sido aplicadas, sendo 86,5 mil contra pólio e 85,9 mil para evitar a ocorrência de sarampo na capital.

Em Brasília, 152.277 crianças deveriam tomar as vacinas. A meta é imunizar 95% até esta sexta (31), data do fim da campanha. Em 2017, 85,2% do público-alvo receberam a primeira dose.

Ainda segundo a pasta, não há previsão de prorrogação do prazo. A SES-DF também esclareceu que o estoque de vacinas está completo, sem limitação.

“O Distrito Federal foi abastecido com a quantidade de doses que cobre todo o público-alvo da campanha. Porém, pode haver falta pontual nas unidades, em consequência da alta demanda, mas, assim que solicitada, a reposição é realizada”, informou a pasta, por meio de nota.

Cobertura
Devem ser vacinados meninos e meninas de 1 ano a 4 anos, 11 meses e 29 dias. O sarampo e a poliomielite, conhecida como paralisia infantil, são doenças graves e infecciosas que só podem ser evitadas por meio de vacina. O Brasil enfrenta atualmente dois surtos de sarampo, em Roraima e no Amazonas, e cinco mortes relacionadas a isso foram registradas até o momento no país.

Ao todo, a rede pública de saúde disponibiliza 120 salas para promover a vacinação no Distrito Federal. Elas funcionam das 8h às 17h. Veja os endereços no site da Secretaria de Saúde: www.saude.df.gov.br.

Últimas notícias