*
 

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) se reuniu com representantes de diversas áreas do governo para decidir quais providências serão tomadas após o desabamento de viaduto no Eixão Sul nesta terça-feira (6/2).

Às 15h, Rollemberg, o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER), Henrique Luduvice, e representantes da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) chegaram ao gabinete do governador.

Eles compõem parte do “gabinete de crise” instituído para tratar do assunto. De acordo com o DER, até o momento não é possível estimar o prejuízo provocado pelo desabamento, mas serão feitos escoramentos a fim de evitar novo deslizamento.

Após o acidente, Rollemberg compareceu à Galeria dos Estados, onde, no fim da manhã, parte do viaduto que passa pelo local caiu após o asfalto do Eixão Sul ceder. Segundo inspeção preliminar do Corpo de Bombeiros, não houve vítimas. Foram encontrados quatro veículos que estavam estacionados – dois deles completamente soterrados.

“As informações iniciais apontam que não há vítimas, e isso é o mais importante neste momento. Agora vamos ver o que é necessário para recuperar esta área”, disse Rollemberg. “São viadutos antigos. Desde o começo do governo, fizemos manutenção em oito, mas, infelizmente, este ainda não tinha recebido [reparos]”, acrescentou o chefe do Executivo.

O subsecretário de Defesa Civil, da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, coronel Sérgio Bezerra, alertou para os cuidados neste primeiro momento, em especial quanto à possibilidade de ainda serem encontradas vítimas.

“A Defesa Civil recomenda que o expediente administrativo da Esplanada dos Ministérios e dos Setores Bancários Sul e Norte seja encerrado um pouco mais cedo para evitar engarrafamentos e dificuldade de acesso ao Hospital de Base e ao Hran [Hospital Regional da Asa Norte]”, disse Bezerra.

Mesmo sem registro de vítimas, o Hospital de Base e o Hran estão preparados para atuar, de acordo com informações da Secretaria de Saúde. Além disso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) mantém quatro equipes no local.

O trânsito na área central do Plano Piloto foi interditado para garantir a segurança da população e permitir o trabalho das equipes. Não há previsão de quando será liberada. O local foi isolado pela PMDF, e os bombeiros, com o apoio de cães farejadores, vasculham a área para confirmar que não há vítimas. (Com informações da Agência Brasília)

 

 

COMENTE

AsfaltorollembergEixão Sulviadutodesabamento eixão sulchurrascaria floresta
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito