Recém-nascida achada dentro de saco plástico é chamada de Helena

Criança passa bem e recebeu nome provisório no Hospital Regional de Sobradinho. Polícia procura responsável por abandono de incapaz

ReproduçãoReprodução

atualizado 20/11/2019 18:50

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) procura imagens que ajudem a identificar os pais da recém-nascida abandonada dentro de uma sacola plástica e encontrada na noite de segunda-feira (18/11/2019). De acordo com a delegada da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) Laura Nunes, a bebê ainda estava com o cordão umbilical quando foi achada.

A recém-nascida está internada no Hospital Regional de Sobradinho (HRS) desde então. Na unidade pública de saúde, a menina recebeu o nome de Helena, dado pela equipe médica que a acompanha.

“O estado dela requer cuidados, pois não se sabem as circunstâncias do parto. Mas o quadro dela é estável, e ela está respondendo bem, segundo informações do hospital.”

Delegada Laura Nunes, 13ª DP

A delegada afirma que a PCDF trabalha para encontrar quem teria abandonado a bebê. “Temos equipes na rua procurando testemunhas que tenham visto quem fez isso, imagens dos arredores que mostram a ação, e pedimos ajuda da população para que forneça qualquer informação que nos leve ao paradeiro do autor”, finalizou.

O caso de abandono de incapaz é acompanhado de perto pelo Conselho Tutelar de Sobradinho. A comunicação do crime, inclusive, partiu do órgão.

Em Taguatinga

Caso parecido ocorreu no último dia 31, em Taguatinga Norte. Uma bebê foi abandonada dentro de uma sacola de papel na QNB 13 pela mãe, uma jovem de 17 anos. A menina – batizada de Maria, no Hospital Regional de Taguatinga (HRT) – passou 10 minutos dentro do recipiente até ser localizada.

A bebê recebeu medida protetiva de acolhimento institucional, aplicada pela Vara da Infância e da Juventude do Distrito Federal, após receber alta, e foi encaminhada a um abrigo.

Veja imagens do abandono:

:

Últimas notícias