Debate Metrópoles: pré-candidatos ao Buriti se apresentaram ao eleitor

Sete pré-concorrentes a governador do DF tiveram a oportunidade de propor soluções para os principais problemas do Distrito Federal

Saulo Araújo
Ana Helena Paixão
 

Durante três horas, na noite desta segunda-feira (9/7), sete políticos com intenção de administrar a capital do país pelos próximos quatro anos tiveram a oportunidade de apresentar suas propostas para as Regiões Administrativas do Distrito Federal e soluções para os principais problemas que afligem o cidadão brasiliense.

Alexandre Guerra (Partido Novo), Eliana Pedrosa (Pros), Fátima Sousa (PSol), Izalci Lucas (PSDB), Jofran Frejat (PR), Paulo Chagas (PRP) e Rodrigo Rollemberg (PSB) participaram do primeiro debate pré-eleitoral com candidatos ao Palácio do Buriti promovido pelo portal de notícias Metrópoles. O evento começou às 19h e foi realizado no auditório ParlaMundi da LBV, na Asa Sul. Cerca de 500 convidados lotaram o local para acompanhar a exposição dos postulantes ao Governo do Distrito Federal.

Em uma sequência de seis blocos, um a um, cada pré-candidato teve a oportunidade de se apresentar aos eleitores que irão às urnas em outubro. Depois, em duas oportunidades distintas, puderam fazer perguntas entre si, além de responder questões apresentadas por leitores e questionamentos formulados por jornalistas do Metrópoles e de veículos convidados. Disseram ainda ao setor produtivo como pretendem estimular o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda nas cidades do DF.

Esta foi a primeira oportunidade de os interessados no posto de governador apresentarem seus projetos para o futuro do Distrito Federal. O clima começou cortês entre os candidatos, mas teve momentos em que, confrontados, alguns se exaltaram. Rollemberg foi cobrado pelas ações da atual gestão e o general Paulo Chagas (PRP) se envolveu em polêmica ao responder a pergunta da jornalista Juliana Cézar Nunes, da EBC, sobre a violência contra a população negra, especialmente a periférica.

 

Confira como foi a transmissão ao vivo do Metrópoles:

Confira imagens do evento:


Expectativas
Ao final do evento, todos os candidatos declararam que o encontro atendeu as expectativas e lhes concedeu uma primeira oportunidade de dialogar mais diretamente com o eleitorado do DF. O debate foi mediado pela diretora de Redação do Metrópoles, a jornalista Lilian Tahan, e transmitido em todos os canais do portal: site, Facebook, Twitter e pela rádio 104.1 Metrópoles FM, com grande adesão de ouvintes e internautas.

Para Lilian, o evento foi uma oportunidade de ouvir, pela primeira vez, o embate de ideias entre os que almejam governar o Distrito Federal. “É uma responsabilidade e também uma alegria fazer parte deste momento histórico. O debate marca o início de uma cobertura vigorosa das eleições em 2018 pelo Metrópoles“, ressaltou a diretora de Redação.

O subprocurador-geral da República Renato Brill, ex-chefe da Procuradoria Regional Eleitoral do DF, participou, esclarecendo eventuais dúvidas sobre o direito de resposta dos pré-candidatos. Na opinião de Brill, o evento é fundamental para os eleitores avaliarem o que pensam os postulantes ao Buriti e quais são as propostas de cada um: “É uma das formas de se trazer transparência e legitimidade ao processo eleitoral”, disse.

Para o presidente da Federação das Indústrias (Fibra), Jamal Jorge Bittar, o debate do Metrópoles foi a primeira oportunidade de os aspirantes ao cargo máximo do GDF apresentarem suas ideias em áreas vitais para o funcionamento da cidade, como desenvolvimento econômico, saúde, educação e segurança. “Será um momento muito importante para o esclarecimento de propostas. Espero que as provocações sejam inteligentes e competentes. Daqueles que nunca ocuparam o GDF, desejo ouvir alguma novidade”, disse Jamal antes de o evento começar.

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio-DF), Adelmir Santana, destacou a importância do encontro para a democracia. “Eu espero que a população comece a se interessar pelo debate eleitoral. O que se percebe é que esse evento está desvinculado do dia a dia das pessoas e gostaria que os assuntos de Estado, como saúde, educação e segurança, dominem os temas”, reforçou Santana.

Sete na disputa
Conheça o perfil dos postulantes ao Palácio do Buriti que participaram deste primeiro debate pré-eleitoral.

Com reportagem de Caio Barbieri, Isadora Teixeira, Gabriella Furquim, Suzano Almeida e Fernando Caixeta

Compartilhe