Ao lado de Flávia Arruda, Fraga ataca Rollemberg: “Pesadelo”

Postulante ao GDF, o coronel da PM prestigiou a campanha da ex-primeira-dama Flávia Arruda, que tentará uma vaga na Câmara dos Deputados

Ricardo Botelho/Especial para o MetrópolesRicardo Botelho/Especial para o Metrópoles

atualizado 18/08/2018 11:37

Candidato a governador do Distrito Federal, Alberto Fraga (DEM) participou na manhã deste sábado (18/8) de ato de campanha da postulante a deputada federal Flávia Arruda (PR). O evento ocorreu no Núcleo Bandeirante.

Fraga foi cortejado pelos apoiadores no local, ouviu demandas e tirou fotos. Conversou bastante com o distrital Bispo Renato (PR) e com o postulante ao Senado Izalci Lucas (PSDB). O ex-governador José Roberto Arruda (PR), sua esposa Flávia e o candidato à reeleição a distrital Raimundo Ribeiro (MDB) chegaram em seguida.

“Vou me concentrar na campanha dela”, limitou-se a dizer Arruda, ao ser questionado se seria capaz de transferir muitos votos para Fraga. “Essa é uma eleição atípica. Nunca podemos achar que uma eleição será igual a anterior. Sempre muda”, acrescentou o ex-governador.

Debate
Fraga avalia que teve um bom desempenho no primeiro debate entre candidatos, que ocorreu na TV Bandeirantes na quinta-feira (16/8), mas sentiu falta de discutir um tema: educação.

Sobre as rusgas com o governador Rodrigo Rollemberg (PSB), achou natural. “Rollemberg é o protagonista desse desastre que Brasília está vivendo. Ele é o responsável pelo pesadelo e é natural que seja o mais atacado.

A coalizão formada por DEM, PR, PP e PSDB tem a bênção de Jofran Frejat (PR), que desistiu da disputa antes de ser iniciado o prazo para registro na Justiça Eleitoral. À época, o médico afirmou que não venderia sua alma a demônios.

Últimas notícias