Polícia Civil prende traficante no DF durante 2ª fase da Operação Varredura

Prisão aconteceu na madrugada desta sexta-feira. Foram apreendidos mais de R$ 10 mil, uma pistola, munições e um aparelho celular

atualizado 16/10/2020 8:41

Drogas e dinheiro apreendidosPCDF/ Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio da 18ª DP (Brazlândia), deflagrou, na primeiras horas desta sexta-feira (16/10), a segunda fase da Operação Varredura. Desta vez, o alvo foi um traficante, de 22 anos, morador do Setor Veredas, na região administrativa. O suspeito foi preso. Uma pistola, com numeração raspada, e munições calibre 32 foram apreendidos.

A prisão aconteceu na madrugada desta sexta. Com o jovem, a PCDF aprendeu, ainda, um aparelho celular, possivelmente produto de roubo, porções de maconha, cocaína e ropynol, além de duas balanças de precisão. Na casa do suspeito, foram encontrados R$ 10.037 em dinheiro.

O autor foi detido e vai responder pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e posse irregular de arma de fogo, crimes pelos quais, caso condenado, pode pegar uma pena que ultrapassa os 27 anos de prisão.

Operação Varredura

Na primeira fase da ação deflagrada pela PCDF, três homens, também acusados de tráfico de drogas, foram presos. A operação aconteceu na quinta-feira passada (8/10), na mesma cidade do DF. Na ocasião, foram apreendidos de 20kg de skunk, um tipo de maconha turbinada.

A investigação começou após investigadores da Seção de Repressão às Drogas da 18ª DP localizarem um jovem de 19 anos que vendia drogas pelas redes sociais. Depois de uma semana de monitoramento, os agentes viram que ele conseguia o skunk com outro traficante na região de chácaras de Brazlândia.

Sabendo que um carregamento da droga chegou para os traficantes nesta quinta, os policiais deflagraram a operação batizada de Varredura, e apreenderam 20kg de skunk, quantidade avaliada em mais de R$ 500 mil, além de uma plantação de maconha.

0

 

Últimas notícias