PCDF prende casal que invadiu casa de jogos de azar e atirou em apostadores

Uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Crime ocorreu em setembro do ano passado

atualizado 10/06/2020 20:09

Um casal foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), nesta quarta-feira (10/06), acusado de participação em um assalto que resultou na morte de homem de 41 anos. A prisão é de autoria da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho).

O crime ocorreu em setembro do ano passado. Na ocasião, a dupla e mais dois comparsas invadiram uma sobreloja na Quadra 8 de Sobradinho. O lugar funcionava como casa de jogos de azar.

As vítimas eram jogadores de baralho que estavam no local na hora do assalto. Um dos jogadores, contudo, se recusou a entregar o dinheiro e foi morto a tiros. Outras pessoas também foram atingidas pelo disparos.

Após o crime, o casal fugiu para o Maranhão, onde foi preso. A PCDF já havia prendido o autor dos disparos e um menor de idade.

Infiltrado

Segundo as investigações, um dos criminosos se infiltrou entre os jogadores e passava informações cruciais ao restante dos bandidos.

“Notou-se a clara existência de um olheiro: pessoa que estava no recinto exatamente para fornecer dicas aos latrocidas. Apurou-se, por análise de imagens, que um quarto integrante conduzia um VW FOX, sendo o meio de chegada e fuga dos criminosos”, explicou o delegado-chefe da 13ª DP, Hudson Maldonado.

Maldonado afirma que a mulher presa nesta quarta foi a responsável pelo recrutamento do adolescente que participou do crime. Com a prisão desse casal, resta agora somente um foragido – o motorista do veículo utilizado na fuga.

0

Últimas notícias