PCDF estoura casa clandestina de jogos que funcionava em Águas Claras

Na operação deflagrada na tarde desta quinta-feira (01/08/2019), duas mulheres apontadas como responsáveis pelo local acabaram detidas

Reprodução/PCDFReprodução/PCDF

atualizado 01/08/2019 18:27

Investigadores da 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) deflagaram uma operação na tarde desta quinta-feira (01/08/2019) para estourar uma casa de jogos clandestinos em Águas Claras. No momento do flagrante, cinco clientes estavam no estabelecimento. Todos foram levados para prestar depoimento. No cômodo também havia nove máquinas caça-níqueis. Os equipamentos foram apreendidos.

Duas mulheres de 27 e 38 anos, responsáveis pelo local, assumiram o crime e acabaram detidas em flagrante. Aos policiais, contaram que se fixaram no local há algum tempo, mas não precisaram o período. O estabelecimento irregular funcionava nos fundos de uma loja do Shopping Marggiori, na Avenida Araucárias.

“Chegamos até o local por meio de denúncias anônimas. Os moradores de Águas Claras têm auxiliado muito a polícia nos últimos meses por meio do 197″, explicou o delegado-chefe da 21ª DP, Luiz Alexandre Gratão. As suspeitas assinaram um termo circunstanciado e foram liberadas mediante comprometimento  de comparecerem à Justiça, quando chamadas.

Veja imagens da operação:

 

Últimas notícias