PCDF investiga furto de vacinas contra influenza em posto do DF

Lotes do medicamento foram levados de posto de saúde localizado no Paranoá. Unidade não sofreu qualquer tipo de arrombamento

atualizado 06/04/2020 15:06

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga o furto de lotes de vacinas contra influenza ocorrido em um posto de saúde, no Paranoá. O crime, apurado pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), ainda é cercado de mistério. Os agentes ainda não encontraram qualquer sinal de arrombamento na unidade de saúde de onde as ampolas foram levadas. O local tem grande circulação de pessoas e fica na avenida central da região administrativa.

De acordo com funcionário do posto ouvido pela polícia, os lotes da vacina desapareceram entre às 18h dessa quarta-feira (01/04) e às 7h30 dessa quinta (02/04).

Em depoimento, os servidores do posto, que fica na Quadra 21, reforçaram que não foram encontrados sinais de arrombamento – o que indicaria que local não foi invadido durante o crime. Por enquanto, a Polícia Civil do DF não tem suspeitos do crime.

Desde a comunicação do furto, os investigadores buscam informações que podem levar aos autores da ação. A polícia procura por imagens registradas por circuito de câmeras de segurança de residências e comércios próximos ao posto de saúde que possam ter flagrado a ação dos ladrões.

 

 

Últimas notícias