Motoristas reclamam de nova pista liberada no balão do Colorado

Moradores da região dizem que houve aumento do engarrafamento após a obra recente. DER afirma que tem ouvido as reivindicações

Imagem cedida ao Metrópoles

atualizado 01/10/2019 22:20

A obra entregue pelo Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) na última sexta-feira (27/09/2019), no Balão do Colorado, desperta reclamações de motoristas que passam por lá. Segundo eles, a impressão é que os engarrafamentos aumentaram.

François Renné, 63, morador do Lago Oeste, tem se estressado com o tráfego pesado, desde a mudança feita no local. O jornalista aposentado explica que o problema ocorreu, principalmente, na hora do rush, que se inicia às 17h. No horário, há um fluxo grande saindo do Lago Oeste.

Então, os motoristas que vão para o Plano Piloto são obrigados a pegar o balão por causa de cones colocados na pista. Os objetos impedem a mudança de faixa (veja o vídeo abaixo).

“O DER  não fez um bom planejamento. Há uma incompetência na engenharia de tráfego ali daquela região, quando eles obrigam todo mundo a pegar aquele balão, especialmente quem vem por cima”, detalha Renné.

“O engarrafamento fica absurdo nesse horário, que todo mundo começa a sair para buscar filho, vir do trabalho… Tem que evitar que aqueles que estão descendo para o Plano entrem nesse balão. Tem que aliviar esse congestionamento”, desabafa o motorista.

O aposentado afirma que uma pista interrompida nos primeiros 200 metros do balão está afunilando o trânsito mais ainda. O trânsito intenso atinge quem está saindo do Lago Oeste ou da DF-150 e indo sentido Plano Piloto ou Sobradinho (próximo ao Taquari).

Resposta

O Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) respondeu ao Metrópoles que tem recebido as reclamações dos motoristas. O órgão informou que trabalha em outra obra a fim de aliviar o trânsito dessa região: um viaduto. Em nota, o DER comentou que os motoristas têm passado por transtornos porque ainda não se adaptaram à recente obra feita no balão.

Em nota, o DER escreveu: “Desde que fizemos a liberação da pista da descida do Colorado, estamos fazendo adaptações no trânsito daquela região. Essas intervenções são necessárias para adequar o trânsito à nova realidade na região. Como toda mudança, nos primeiros dias é natural a população que faz uso daquela rodovia ter dúvidas. Entretanto, o DER sinalizou bem o local e os nossos agentes (não os do Detran-DF) estão dando apoio durante os horários de pico, principalmente no período da tarde/noite (entre 17h e 19h30), para orientar os motoristas”.
O órgão publicou um vídeo, com o GDF, para mostrar a dinâmica do trânsito da saída norte de Brasília (Confira abaixo).

Colorado em obras

Um trecho de 5,2 km de extensão da via marginal entre o Torto e o Colorado, sentido Sobradinho-Brasília, foi liberado na última sexta-feira (27/09/2019) pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF). A obra faz parte da Ligação do Torto-Colorado (LTC).

O intuito é liberar o fluxo e desafogar o trânsito de aproximadamente 50 mil veículos que passam pela rodovia todos os dias. Com isso, a operação de faixa reversa na descida do Colorado, operada pelos agentes do DER-DF pela manhã, nos dias úteis, entre 6h e 9h30, não será mais necessária. A partir desta semana, a operação não ocorrerá mais no período matutino.

Outros trechos da LTC foram liberados neste ano. Em abril, dois viadutos abriram acesso à DF-150. Aproximadamente 30 dias depois, conforme previsto pelo departamento, saiu o acesso do balão do Colorado ao Lago Oeste. A previsão é a de que o quarto trecho liberado seja a subida do Colorado, porém, ainda sem data definida.

A Ligação Torto-Colorado foi iniciada em 2014. Tem o custo de R$ 90 milhões e integra, com o Trevo de Triagem Norte (TTN), a obra que tem o objetivo de desafogar o trânsito de toda a Saída Norte do DF. O trabalho total está com 90% de execução e a previsão de conclusão da obra é dezembro de 2019.

Últimas notícias