Manifestações complicarão o trânsito no centro de Brasília nesta terça

Na Esplanada estão marcados atos de servidores, estudantes e professores contra a reforma da Previdência. Indígenas também fazem protesto

JP Rodrigues/MetrópolesJP Rodrigues/Metrópoles

atualizado 13/08/2019 7:32

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP-DF) prepara esquema de segurança e trânsito especiais para receber manifestações nesta terça (13/08/2019) e na quarta-feira (14/08/2019).

O primeiro ato é organizado por servidores públicos, trabalhadores e estudantes contra a reforma da Previdência e deve complicar o trânsito no Eixo Monumental. Previsto para começar às 9h desta terça, o protesto irá se concentrar em frente ao Museu Nacional.

Segundo o diretor do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) Samuel Fernandes, o objetivo é fazer um protesto maior do que o de maio, que contou com manifestações em ao menos 170 cidades. Somente na capital do país, havia 6 mil pessoas.

“Nós queremos reunir estudantes, professores e trabalhadores de todo o Brasil. Queremos fazer um grande ato contra cortes na educação e retrocessos deste governo, como a Previdência e os ataques à democracia. Vamos também lutar para revogar a Emenda nº 95 [teto dos gastos]”, argumentou.

No mesmo dia está prevista, ainda, concentração para a 1ª Marcha das Mulheres Indígenas, marcada para as 8h, no gramado entre a Funarte e o Clube do Choro. A previsão da SSP-DF é que os manifestantes sigam pela S1, do acampamento até a Alameda das Bandeiras, a partir das 9h. Em decorrência dos atos, as três faixas do Eixo Monumental próximas ao canteiro central estarão bloqueadas para o trânsito de veículos.

Os indígenas irão até a frente do Congresso Nacional. A previsão de retorno ao acampamento é às 12h. A partir desse horário, as três faixas da via N1 próximas ao canteiro central, entre a Alameda das Bandeiras e a Funarte, estarão bloqueadas para veículos. As pistas serão desbloqueadas após a passagem das manifestações.

Já nesta quarta-feira (14/08/2019), a partir das 8h, ocorrerá a Marcha das Margaridas, no Pavilhão do Parque da Cidade, local destinado para o acampamento das participantes. O grupo seguirá por dentro do parque até o Eixo Monumental, onde serão ocupadas até quatro faixas próximas ao canteiro central.

Antes de chegarem às pistas, por onde caminharão até a Alameda das Bandeiras, em frente ao Congresso Nacional, elas atravessarão o Eixo Monumental. Nesse momento, todas as seis faixas da via N1 estarão bloqueadas e o trânsito será desviado para o Setor de Indústrias Gráficas (SIG). (Com informações da SSP-DF)

Últimas notícias