Ibaneis se desculpa por falhas no Detran. BRB assumirá serviços

Ainda não há detalhes sobre quais serão as atividades transferidas, mas governador citou iniciativa bem-sucedida com a bilhetagem

atualizado 19/02/2020 13:21

Michael Melo/Metrópoles

O governador Ibaneis Rocha (MDB) decidiu transferir os serviços do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) para o Banco de Brasília (BRB). Diante das reclamações da população sobre a má qualidade dos serviços prestados, o emedebista optou pela mudança, seguindo a mesma tática adotada para a bilhetagem, quando tirou a função do antigo DFTrans e delegou para a mesma instituição financeira.

Segundo o GDF, a ideia é transferir a maior quantidade possível de serviços financeiros para o BRB, dentro dos limites legais, a exemplo de pagamentos. A exemplo da emissão de uma segunda via de pagamento. O departamento jurídico ainda avalia quais poderão ser realocados no banco.

O chefe do Executivo local também anunciou o nome do novo diretor-geral do órgão: será o procurador do DF Zélio Maia da Rocha. Ele entra no lugar de Alírio Neto, que havia sido exonerado, a pedido, na semana passada.

“Eu peço desculpas à sociedade do DF, aos motoristas pelos problemas, mas nós estamos em um trabalho de transição para melhorarias”, afirmou Ibaneis. De acordo com o titular do Palácio do Buriti, o BRB tem tecnologia para melhorar a prestação de serviços para a população.

“Espero que seja como no caso da bilhetagem, que foi uma solução que atendeu à população. Isso foi comprovado com o retorno às aulas. Que a gente tenha uma solução definitiva no que diz respeito ao Detran”, enfatizou.

Ibaneis fez a declaração na manhã desta quarta-feira (19/02/2020), na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), após assinatura de termo de cooperação para aterramento de linhas de luz. A medida necessária para a construção da Avenida das Cidades, também conhecida como Interbairros e Transbrasília.

“O Detran é um problema que nós temos há muito tempo. Nós estamos trocando as empresas de tecnologia. Porque o Detran, basicamente, não tinha base tecnológica para atender a população do DF”, frisou o governador.

Tecnologia

Ibaneis não deu muitos detalhes sobre os serviços que serão mudados. “Nós vamos transferir toda a parte de balcão. Toda essa tecnologia, para que o BRB nos ajude nessa parte tecnológica. Trazendo tudo para smartphones, celulares. Trazendo mais modernidade e condições para atender os motoristas do DF”, explicou.

Quando as funções do DFTrans passaram para a instituição financeira, o Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) começou a ser gerido pelo BRB. Assim, o banco ficou responsável por confecção, manutenção de cadastros, geração, distribuição e comercialização dos cartões, além de informações inerentes ao sistema. E criou também um aplicativo para facilitar a vida dos usuários.

Reclamações

Cidadãos reclamam de problemas com sistema do Detran-DF pelo menos desde a semana passada. “O sistema vem apresentando inconsistências devido a falhas internas e na comunicação com outros sites públicos. Essas inconsistências atrasam a realização dos serviços de transferência de propriedade de veículos, transferência de Unidade da Federação, emissão de Certificado de Registro do Veículo (CRV) e de Certificado de Registro e Licenciamento (CRLV), alteração de características no veículo e troca de placa para o padrão Mercosul”, explica o órgão à reportagem.

De acordo com nota enviada ao Metrópoles, o Detran afirmou que possui oito unidades de atendimento e trabalha em seis postos do Na Hora, com um total de 14 postos para a população. Nesses postos, trabalham 242 funcionários em serviços relacionados a veículos e habilitações. “O Detran realiza cerca de 5 mil atendimentos por dia”, afirma o texto.

O órgão informa ainda que atua em outras frentes para reduzir as filas nos postos de atendimento da Autarquia, como a formação de um grupo de trabalho para discutir a possibilidade da implantação do autoatendimento (totens). Desde o início da semana, nos momentos de problemas no sistema, os atendentes distribuem senha de retorno para o dia seguinte.

Os servidores também anotam os dados dos usuários que precisam apenas emitir o documento. Assim, ele não precisa enfrentar fila para retirada posterior. O Detran também chamou a atenção para a prorrogação até o dia 28 de fevereiro no vencimento da taxa de licenciamento.

“Gostaríamos de reforçar que o Detran dispõe de um Portal de Serviços, onde 14 serviços podem ser realizados de forma on-line, sem que seja preciso se deslocar a um posto, e outra opção é o Projeto Detran nas Cidades, que é unidade de atendimento móvel”, conclui a nota.

Últimas notícias