Jovem de 15 anos que sumiu após sair da escola no DF é encontrada

Familiares de Jhennifer contaram que a adolescente foi achada nas proximidades da quadra 302, em Samambaia Sul

atualizado 22/02/2019 7:12

A adolescente Jhennifer Faria, 15 anos, que havia desaparecido na quarta-feira (20/2), foi achada na tarde desta quinta (21). Segundo Pâmela Silva, irmã da jovem, a polícia a encontrou em Samambaia Sul, nas proximidades da Quadra 302.

Pâmela contou que a irmã ligou para a avó, informando onde estava. Depois disso, policiais foram até o local e encontraram a garota. A família da vítima ainda não sabe explicar a motivação para o sumiço de Jhennifer.

A adolescente havia desaparecido nas proximidades da Quadra 123 de Samambaia Sul. Ela saiu de casa às 13h para ir à aula, no Centro Educacional 123 de Samambaia, e não voltou para casa. Segundo a família, ela vestia o uniforme da instituição de ensino e uma calça jeans.

Amigos de Jhennifer informaram à família que a garota saiu da escola às 17h e foi até a parada de ônibus, onde pegou um coletivo da linha 366, que tem Samambaia Norte como destino. Depois disso, ela não foi mais vista. Os familiares registraram ocorrência na 32ª Delegacia de Polícia, em Samambaia Sul.

Pâmela Silva afirma que a irmã saiu de casa sem levar o celular, e que a última pessoa que ela teria contatado por mensagem seria um garoto. “Ele nos disse que não estava com com a Jhennifer, e que ela o avisou estar indo para a escola. Depois disso, desligou o celular e não nos atendeu mais”, contou a irmã.

A mãe da jovem fez uma publicação no Facebook, pedindo ajuda e notícias sobre a garota. Na manhã desta quinta-feira (21), familiares de Jhennifer afirmaram ter recebido uma ligação com informações sobre o paradeiro da menina. Entretanto, chegando ao endereço indicado, encontraram uma casa vazia.

A irmã de Jhennifer conta que a jovem não costumava sair de casa sem avisar. “Foi a primeira vez que ela fez isso. Ela é muito tranquila”, ressalta Pâmela.

Outros casos
Ao menos dois moradores do Distrito Federal desapareceram em fevereiro. O jovem Jerônimo Amorim Oliveira, 19 anos, está sumido desde 12/2. Ele saiu para pedalar nas proximidades da chácara onde mora, no Lago Oeste (Sobradinho II), e não voltou para casa. A ocorrência foi registrada na 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II).

O aposentado Evaldo Borges, 57 anos, também desapareceu neste mês. Ele é morador do Paranoá e foi visto pela última vez em 6/2, em Pirenópolis, em Goiás, ao sair da casa da tia, local em que estava hospedado. A família registrou a ocorrência na Delegacia de Pirenópolis.

Últimas notícias