Homem convencia crianças a mandar vídeos sem roupa em jogo on-line

Autuado influenciava menores de idade por meio de "desafios". A polícia apreendeu o celular do suspeito, que conversava com 65 crianças

atualizado 25/01/2022 22:47

Porta de madeira com símbolo da Polícia Civil de GoiásArthur Menescal/Especial Metrópoles

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) prendeu nesta terça-feira (25/1) um homem de 45 anos que mantinha em seu celular fotos e vídeos de crianças nuas. O suspeito morava em Águas Lindas (GO), no Entorno do DF.

A informação sobre a localização e atuação do suspeito foi repassada à corporação goiana pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), as duas polícias atuam em cooperação para combater os crimes de pedofilia.

Segundo explica o delegado Vinícius Máximo, do Núcleo de Investigação de Homicídios de Águas Lindas, o homem convencia as crianças a passar fotos após “lançar desafios” aos menores de idade.

Pais denunciam pedófilos que se infiltram em jogos on-line para aliciar crianças do DF

“Na delegacia, ele afirmou que entrava em contato com as crianças no jogo Free Fire, on-line, e ali ele as chamava para o aplicativo Whatsapp e em conversas, sempre falando de desafios, pedia vídeos nu, sempre crianças homens. A partir do momento que eles enviavam esses vídeos, ele passava a ameaçá-las, dizendo que se não enviassem mais ele postaria o primeiro vídeo na internet”, narra o delegado sobre o método de atuação do aliciador.

Mensagens de celular do homem detido cedidas pela polícia mostra uma dessas conversas, que chega a ter cunho sexual. “Manda vídeos, grava aí”, manda o suspeito, ao que a criança argumenta que não poderia porque a irmã dele estava em casa. “Entao vou postar agora”, ameaça o adulto. “Mano minha vontade é se matar de vdd”, responde o menor de idade. Em outro momento, após receber um vídeo, o autuado digita: “Meu pau ta duro igual aquela vez lembra”.

Veja uma das conversas em que o homem pede fotos a uma criança:

0

Ainda segundo o delegado, antes de ser detido pelos policiais, o homem tentou apagar as mensagens, mas o celular foi apreendido e será periciado. Na delegacia ele confessou que aliciava as crianças e os agentes constataram que o detido tem passagens em Padre Bernardo (GO), por crimes da mesma natureza.

“Foi constatado que o autuado mantinha contato com mais de 65 crianças de diversas partes do país. Entramos em contato com alguns desses pais para alertá-los e eles sequer sabiam que essas crianças estariam sendo abusadas por esse autor”, contou o delegado. “Foram encontradas centenas de vídeos de crianças nos celulares apreendidos”, afirmou Máximo.

Executivo é preso suspeito de aliciar crianças para sexo em Goiás

O delegado explica que as investigações prosseguem para descobrir se o detido chegou a se encontrar com alguma das crianças aliciadas. Segundo Máximo, em uma das conversas analisadas pela polícia foi constatado que o homem chegou a marcar com uma criança em Águas Lindas, mas não se sabe se o encontro realmente aconteceu.

“Para a Polícia Civil não há dúvidas de que o autuado pratica o crime há muitos anos. O que consta de imagens nos telefones já é o suficiente para o indiciamento”, assegurou.

Mais lidas
Últimas notícias