Enfermeira vacinada no hospital de Ceilândia: “Dia mais feliz do ano”

"Só quem é profissional da saúde sabe o que este momento significa", disse Ludmilla Castro

atualizado 19/01/2021 14:16

JP Rodrigues/ Especial para Metrópoles

A enfermeira Ludmilla Castro (foto em destaque) trabalha no pronto-socorro da pediatria do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) e integra a equipe de combate ao coronavírus. Uma das primeiras servidoras a serem vacinadas contra a Covid-19 no DF, ela descreveu o momento com muita emoção.

“Só quem é profissional da saúde sabe o que este momento significa. A gente vê de perto esse vírus que levou tantas vidas. É o dia mais feliz do ano. Que venha a segunda dose e que venha para todos”, disse, logo após ser imunizada nesta terça-feira (19/1).

primeira moradora do Distrito Federal a receber a vacina contra a Covid-19 foi Lídia Rodrigues Dantas, 31 anos, enfermeira do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Em solenidade ocorrida na unidade de saúde, que contou com a presença do governador Ibaneis Rocha (MDB) e do secretário de Saúde Osnei Okumoto, a profissional disse que a vacinação traz “esperança”.

0

Lídia esteve à frente no combate à Covid-19 desde o início da pandemia. Além dela, foram vacinados na cerimônia a técnica de enfermagem Carina de Jesus Silva, a fisioterapeuta Ana Paula Barbosa Pereira, a médica Juliana Bento da Cunha, a auxiliar de limpeza Narcisa Trajano de Araújo e o vigilante Pedro Teodoro. Todos eles trabalham no Hran.

Na oportunidade, a enfermeira agradeceu à equipe do Hran e disse que a vacinação, nesta terça, traz “esperança”. “Ainda estou sem acreditar, mas estou emocionada e feliz por ser a primeira vacinada e grata à oportunidade”, disse a primeira servidora imunizada no DF.

Além do Hran, a Secretaria de Saúde informa que a vacinação começou nesta terça nas seguintes unidades: Hospital Regional de Ceilândia; Hospital Regional de Sobradinho; Hospital Regional de Planaltina; Hospital Regional de Brazlândia; Hospital da Região Leste; Hospital Regional de Samambaia; e Hospital Regional do Gama.

São 15 unidades previstas — eram 16, mas a pasta retirou a do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) da lista. No Hospital de Base do DF, a vacinação será aplicada nesta quarta-feira (20/1).

“É importante ressaltar que a logística de distribuição nas regiões é de acordo com o número de unidades de cada local. Por isso, naquelas em que há mais hospitais podem ocorrer atrasos pontuais. Mas todas as unidades descritas em nosso site receberão as vacinas, exceto a da base do Samu, que, ao contrário do que foi divulgado anteriormente, não será um ponto de vacinação”, destacou a  pasta de Saúde.

 

Últimas notícias