Enfermeira após receber 1ª dose da Coronavac no DF: “Sentimento de esperança”

Lídia trabalha no box de emergência do pronto-socorro da Clínica Médica do Hran: "Estou muito emocionada"

atualizado 19/01/2021 14:42

Vacinação da Covid no HranGustavo Moreno/ Especial para o Metrópoles

A primeira moradora do Distrito Federal a receber a vacina contra a Covid-19 foi Lídia Rodrigues Dantas, 31 anos, enfermeira do Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Em solenidade ocorrida na unidade de saúde na manhã desta terça-feira (19/1), que contou com a presença do governador Ibaneis Rocha (MDB) e do secretário de Saúde Osnei Okumoto, a profissional disse que a vacinação traz “esperança”.

A imunização contra o novo coronavírus começou às 10h no DF, pelo Hran, referência para tratamento de Covid-19 na capital da República. Lídia trabalha no box de emergência do pronto-socorro da Clínica Médica da unidade. Ela ficou sabendo que ia ser vacinada nesta terça.

“Ainda estou sem acreditar, mas estou emocionada e feliz por ser a primeira vacinada e grata à oportunidade”, disse.

Lídia esteve à frente no combate à Covid-19 desde o início da pandemia e acabou contraindo o vírus no fim do ano passado. Chegou a ficar hospedada em hotel quando o GDF forneceu vagas a fim de isolar pessoas que tinham  maior risco diante da doença. Ela mora com a mãe e, por isso, temia que pudesse transmitir coronavírus para a idosa.

Além de Lídia, foram vacinados na cerimônia a técnica de enfermagem Carina de Jesus Silva, a fisioterapeuta Ana Paula Barbosa Pereira, a médica Juliana Bento da Cunha, a auxiliar de limpeza Narcisa Trajano de Araújo e o vigilante Pedro Teodoro. Todos eles trabalham no Hran.

0

Após a solenidade na área externa, foram vacinados dentro do hospital todos os profissionais que atuam na linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus e que estão no plantão nesta terça no Hran.

“Desde que entrei na Secretaria de Saúde, sempre atuei no Hran, então eu me sinto em casa, em família. Lutamos muito e, agora, estamos com muita esperança de que tudo vai se normalizar, logo tudo vai voltar ao normal”, assinala Lídia. “Felizmente, se Deus quiser, essa vacina vai ajudar a população, vai ajudar todas as pessoas que precisam e nos ajudar a superar tudo isso que a gente passou, que não foi fácil”, completou a enfermeira.

A profissional da saúde ainda ressaltou a segurança da vacina e a importância de a população seguir usando máscara e manter os protocolos de distanciamento neste momento. “É segura, não doeu nada. A Anvisa autorizou, e eu tenho certeza de que, assim como nós profissionais de saúde estamos trabalhando cientes do que estamos fazendo, os órgãos competentes também estão”, declarou.

“Continuem com os cuidados, ainda não tem nada garantido, certo ainda. Então vamos seguir tomando os cuidados para que nada de ruim aconteça”, acrescentou a enfermeira.

As pessoas que não integram a primeira etapa da campanha de vacinação deverão esperar o anúncio futuro da pasta, que segue as orientações do Ministério da Saúde para imunizar a população local.

Ainda não há previsão do recebimento de mais doses para o DF. A Secretaria de Saúde irá divulgar amplamente, de forma antecipada, a data de início da vacinação para os próximos grupos.

Veja a primeira etapa da vacina em números:

  • Profissionais de rede pública: 27.500
  • Indígenas: 300 (estimados)
  • Profissionais de saúde da rede privada: 20 mil (estimados)
  • Acima de 60 anos e deficientes institucionalizados: 3 mil (estimados)
  • Rede de vacinação: 169 salas de vacina – 16 na primeira fase
  • Redes de Frio regionais: 7
  • Câmaras frias: 40

Onde será feita a vacinação?

  • Hospital Regional da Asa Norte;
  • Hospital Regional de Ceilândia;
  • Hospital Materno Infantil de Brasília;
  • Hospital de Apoio de Brasília;
  • Hospital Universitário de Brasília;
  • Hospital de Base;
  • Hospital Regional de Sobradinho;
  • Hospital Regional de Planaltina;
  • Hospital Regional de Brazlândia;
  • Hospital da Região Leste;
  • Hospital Regional de Taguatinga;
  • Hospital Regional de Samambaia;
  • Hospital Regional de Santa Maria;
  • Hospital Regional do Gama;
  • Hospital Regional do Guará;
  • Central de Regulação do Samu (SIA).

Últimas notícias