Criança de 11 anos faz carta denunciando estupro cometido por ex-pastor

O criminoso forçava a criança a assistir filmes pornográficos e a ameaçava caso a vítima contasse os fatos para alguém

atualizado 01/10/2021 11:13

Um ex-pastor da igreja evangélica foi preso, nesta sexta-feira (1º/10), no âmbito da Operação Erê, deflagrada pela 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II). O homem de 37 anos foi acusado de estuprar uma criança de 11 anos. A vítima é da família do autor e relatou os abusos a uma professora, em uma carta entregue à família. O abuso durou vários anos, segundo a investigação. De acordo com a Polícia Civil, a menina tentou se matar, após os abusos.

O criminoso forçava a criança a assistir filmes pornográficos e a ameaçava para que a vítima não contasse o abusos para alguém. O mesmo pedófilo é investigado por possíveis ataques contra uma outra menor da família.

Durante a operação, um segundo homem foi preso. O suspeito, de 45 anos, vinha abusando a própria enteada, de 12. Os abusos ocorriam há quatro anos. O suspeito fotografava partes íntimas da vítima e praticava diversas formas de abusos sexuais, inclusive com penetração.

0

Além dos dois pedófilos presos, a ação apreendeu duas armas, vários computadores, HD’s, celulares, imagens fotográficas, pendrives, notebooks, brinquedos e outros objetos de interesse da investigação.

Mais lidas
Últimas notícias