Covid: mensagens de gratidão confortam profissionais de saúde no DF

Equipes de fisioterapia e nutrição do Hospital de Base (HB) se uniram para mandar mensagens de apoio nas refeições dos funcionários

atualizado 13/04/2021 9:38

Mensagens positivas colocadas em marmitas de hospitaisDivulgação/Iges-DF

Em meio a um cenário de guerra instalado nas unidades hospitalares do DF em virtude da pandemia da Covid-19, qualquer ação que renove o ânimo e gere conforto faz a diferença. Foi pensando nisso que as equipes de fisioterapia e nutrição do Hospital de Base (HB) se uniram para mandar mensagens de apoio aos colaboradores nos intervalos das refeições.

Em uma das mensagens colocadas na tampa do almoço, o colaborador pode ler: “Aos anjos que todos os dias dão tudo pela saúde de quem mais precisa, deixamos toda nossa gratidão e homenagem”.

Segundo a chefe do Serviço de Saúde Funcional do HB, Agda Ultra de Aguiar, a iniciativa reforça a importância do olhar dos gestores com os colaboradores. “Lidamos com seres humanos diariamente e só teremos bons profissionais se cuidarmos da humanidade deles”, observa. “O impacto disso vai se refletir diretamente na assistência mais humanizada ao paciente”, completa.

A distribuição das marmitas ocorre de acordo com a escala de trabalho, que é repassada ao setor responsável pelas refeições. Essa equipe, então, prepara as marmitas e sinaliza as tampas por categoria profissional. O adesivo com a mensagem é colocado, e a refeição é entregue ao colaborador.

Chefe do Núcleo de Nutrição e Produção, Ana Cecília Nunes acredita que esse carinho faz toda a diferença para quem atua na linha de frente. “A preocupação com a necessidade de cuidar de quem cuida vem se destacando durante a pandemia”, lembra. “Se o colaborador não estiver se sentindo assistido nas suas necessidades, isso refletirá diretamente no atendimento que ele presta”, finaliza.

A equipe de nutrição dos hospitais administrados pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) é composta por 128 profissionais. No Hospital de Base são 72, sendo 36 nutricionistas e 36 técnicos de nutrição.

No caso específico do Hospital de Base, são servidas aproximadamente 5 mil refeições por dia a pacientes, acompanhantes e colaboradores. Em um ano de pandemia, ou seja, nos últimos 12 meses, a unidade serviu cerca de 280 mil refeições.

Últimas notícias