*
 

O Corpo de Bombeiros teve trabalho para retirar árvores que caíram em diversas regiões do Distrito Federal durante a após o temporal que começou no fim da tarde dessa quarta-feira (31/10). Por volta das 18h55, uma delas caiu em cima de um veículo. Por sorte, o motorista não estava dentro.

Mais tarde, às 21h45, outra queda foi registrada na L2 Sul, na curva de entrada para o Setor de Autarquias. A árvore caiu sobre a via, impedindo o fluxo de veículos em uma das faixas.

Divulgação/CBMDF

Árvore caiu na L2 Sul por volta das 21h45

O temporal veio acompanhado de ventania. A Defesa Civil do Distrito Federal e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiram alertas de chuvas intensas que poderiam ocorrer até as 8h desta quinta-feira (1º/11). Em caso de risco, a população pode acionar a Defesa Civil (199) e o Corpo de Bombeiros (193).

O temporal dessa quarta é o segundo desta semana a causar transtornos na cidade. Na tarde dessa segunda (29), chuva de granizo e rajadas de vento causaram alagamentos, acidentes e inundações em vários pontos da cidade. Na Asa Norte, carros foram engolidos pelas enxurradas, enquanto os pedestres permaneceram ilhados debaixo das marquises.

unidade do Ministério do Esporte, no SIG, chegou a ser esvaziada quando a garagem alagou. No Lago Sul, um ônibus capotou depois que o motorista perdeu o controle na pista molhada. O acidente causou quatro vítimas, que estão conscientes e estáveis. O resgate foi feito pela parte cima do ônibus, pelas saídas de emergência.