Cinemas do DF vão ressarcir quem comprou ingressos antecipados

Salas fecham as portas para atender a decreto do GDF, que visa impedir contaminação por coronavírus. Shoppings mantêm funcionamento normal

atualizado 16/03/2020 14:13

Após o novo decreto do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), para conter a disseminação do coronavírus , os cinemas da capital já começam a se preparar para cumprir a medida. O documento determina, além da antecipação das férias escolares, o fechamento temporário de salas de cinema e teatros em Brasília. A medida tem vigência de 15 dias, contados a partir deste sábado (14/03).

Em nota, a Federação Nacional das Empresas Exibidoras Cinematográficas (Feneec) informou que, “em alinhamento com a decisão do Governo do Distrito Federal, as salas de cinema baseadas no estado estão pausando suas operações”.

“Pedimos desculpas aos nossos espectadores, mas entendemos que, neste momento, a saúde de todos é prioridade. Seguiremos em contato com as autoridades locais para acompanhar os esforços pela contenção da Covid-19. As salas voltarão a funcionar assim que forem liberadas e estaremos aqui, prontos para recebê-los com a diversão única que só a telona do cinema é capaz de proporcionar”, disse o texto.

Os cinemas da rede Kinoplex no DF já deixam de exibir filmes a partir deste sábado. No entanto, as bilheterias permanecem abertas no domingo, 10h às 17h, para quem comprou ingresso antecipado ter o dinheiro ressarcido. Informações sobre datas de reabertura dos cinemas e outros assuntos relacionados podem ser acessados no site do Kinoplex.

A rede Cinemark também seguirá o decreto e ficará sem funcionar nos shoppings de Brasília por 15 dias também a partir deste sábado. Para quem comprou entradas antecipadas pelo aplicativo, basta pedir o cancelamento. Caso a compra do cliente tenha sido feita de outra maneira, a empresa devolverá o dinheiro nas bilheterias quando as salas reabrirem. Estas pessoas ganharão uma cortesia por ingresso devolvido.

“A partir de segunda-feira (16/03) as salas da Rede Cinemark dos demais estados só disponibilizarão até 50% do total de ingressos por sala, para permitir que os espectadores tenham espaço para se sentar em assentos separados. Estamos atentos às recomendações das autoridades responsáveis e respeitaremos todas as orientações relativas à Covid-19. Esperamos que a grave situação seja superada o mais rapidamente possível”, acrescentou a rede de cinemas.

Ao Metrópoles, o Espaço Itaú de Cinema informou que ficará fechado a partir de domingo (15/03). De acordo com a assessoria de imprensa da rede, quem já comprou ingressos para assistir filmes neste cinema poderá receber de volta o valor que pagou acessando os sites Velox Tickets ou Ingresso.com.

Shoppings mantêm funcionamento

Apesar do fechamento temporário dos cinemas, shoppings do Distrito Federal continuarão a funcionar normalmente neste período. À reportagem, o Pier 21 informou que aumentou a quantidade de álcool em gel em todos os espaços, além de espalhar avisos sobre o novo coronavírus e orientações de higiene.

No caso de bares e restaurantes, o governador determinou que seja mantida uma distância mínima de dois metros entre as mesas. Segundo o Pier 21, os lojistas receberam comunicados sobre a determinação. Tanto nos restaurantes, como na praça de alimentação, mesas e cadeiras permanecem afastadas, conforme a assessoria de imprensa do shopping.

Da mesma forma, o Casa Park destacou que segue o posicionamento da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), que “compartilhou com seus associados medidas de prevenção e saúde para clientes e colaboradores, como maior frequência de higienização e limpeza de superfícies compartilhadas, além de disponibilização de álcool gel para todos”.

Em nota enviada à reportagem, o Iguatemi Brasilia disse que “seguirá as orientações do decreto 40.520, de 14 de março de 2020, com o intuito de preservar a saúde de todos os seus clientes, colaboradores, lojistas e fornecedores, em função do avanço do Covid-19 (coronavírus)”.

“As demais operações estão funcionando e diversas medidas de prevenção foram adotadas, como o reforço das rotinas de limpeza, respeitando todos os protocolos divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde, colocando em prática atitudes que minimizem possíveis impactos”, salientou o shopping.

O Terraço Shopping também providenciou o distanciamento das mesas da praça de alimentação. Além disso, lojistas receberam circulares internas com um Plano de Contingência, orientando todos a lidar com a situação.

“O shopping instalou novos pontos de álcool em gel, reforçou a comunicação nos corredores com as medidas de prevenção à doença e diminuiu os intervalos de limpeza de corrimãos, botoeiras de elevador, maçanetas, totens de pagamento e demais locais onde os clientes têm contato”, disse em nota.

Últimas notícias