Caesb: sindicato marca assembleia com indicativo de greve para quinta

Categoria reivindica manutenção de acordo coletivo de trabalho e fim de demissões

atualizado 29/05/2019 22:40

Fachada CaesbMichael Melo/Metrópoles

O Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do Distrito Federal (Sindágua-DF), que representa os trabalhadores da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), convocou para esta quinta-feira (30/05/2019) uma assembleia geral com indicativo de greve. A concentração está marcada para as 15h, na sede da empresa.

A categoria reivindica a manutenção do acordo coletivo em vigor, sem pedido de reajuste salarial, de forma que as remunerações ficariam congeladas pelos próximos dois anos.

A Caesb vem negociando com a categoria desde o início de maio. A companhia teria encaminhado uma proposta trabalhista na época da data-base dos servidores, mas voltado atrás depois de o Sindágua ter aceitado o documento.

Na primeira proposta pleiteada pelos trabalhadores, não havia previsão de reajuste salarial, mas nela constava a renovação da cláusula de direitos e deveres que prevê a manutenção dos empregos dos celetistas pelos próximos dois anos. Ela também limitava o número de cargos em comissão, na estrutura da empresa, para dois funcionários de livre provimento a cada 100 concursados.

Outro lado
Por meio de nota, a empresa informou que não há nenhum estudo em andamento referente à demissão de empregados, com exceção de programas de desligamento voluntário (PDV).

Mais lidas
Últimas notícias