Bombeiro do DF morre afogado em cânion próximo à Chapada dos Veadeiros

CBMGO foi acionado para atender a ocorrência no domingo. Lafayete Abreu estava praticando canionismo quando se afogou

atualizado 02/07/2019 7:00

Divulgação/CBMDF

Um bombeiro militar da reserva do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) morreu afogado em uma cachoeira no Cânion Raizama, próximo ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros na tarde desse domingo (30/06/2019).

A vítima, Lafayete Abreu, 51 anos, estava praticando canionismo quando se afogou. De acordo com o CBMDF, ele trabalhou na corporação por cerca de 10 anos.

Veja imagens do resgate:

0

 

Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Goiás (CBMGO), militares do posto da Chapada dos Veadeiros, que participam da Operação Férias Turista Seguro, foram acionados para resgatar o corpo de uma pessoa que afundou na região e não voltou à superfície.

Embora a corporação tenha informado que o acidente ocorreu dentro do parque, o ICMBio enviou nota ao Metrópoles esclarecendo que o militar morreu na região do Cânion Raizama, fora da unidade de preservação.

A equipe utilizou equipamentos como maca sked para resgate, cabos e fitas tubulares para estabilização e fez a descida pelos obstáculos naturais, pedras e corredeiras do rio. O corpo foi encontrado a cerca de 2,5 quilômetros e levado até o local de melhor acesso para ser recolhido pelo Instituto de Medicina Legal (IML).

Nota de pesar

Em sua página do Facebook, a Federação Brasiliense de Canionismo lamentou a morte da vítima.

Veja a publicação:

Últimas notícias