Estudante de medicina morre em cachoeira na Chapada dos Veadeiros

Bombeiros foram chamados para resgatar o corpo, mas condições do tempo inviabilizaram a localização. Buscas serão retomadas na quinta (21/2)

Wikimedia/ReproduçãoWikimedia/Reprodução

atualizado 20/02/2019 20:23

Um turista do Rio de Janeiro morreu afogado no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros na tarde desta quarta-feira (20/2), após escorregar em uma pedra e cair dentro de um poço de água, conhecido na região como “ralo”.

A vítima, Daniel Chagas Dalpian, 22 anos, era estudante de medicina. Segundo relatos de amigos do rapaz, ele submergiu em um bolsão-d’água, na cachoeira Carioquinhas (foto em destaque), e não retornou à superfície.

A cidade de Alto Paraíso (GO), onde fica o parque nacional, não possui batalhão do Corpo de Bombeiros. O município mais próximo com serviço de atendimento é Planaltina de Goiás, de onde saiu o socorro para a realização das buscas.

De acordo com o diretor do parque, Fernando Tatagiba, os socorristas enviados para proceder com as buscas pelo corpo têm ampla experiência em resgates aquáticos e conhecem bem a região da Chapada.

Quatro bombeiros e funcionários do parque foram até o local para avaliar as possibilidades de se resgatar o corpo ainda nesta quarta (20), mas logo anoiteceu e as condições do tempo estavam desfavoráveis.

“O nível do rio está muito alto, choveu bastante e as pedras estão muito escorregadias. A equipe voltou agora, no começo da noite, porque era impossível fazer resgate hoje. Amanhã, no nascer do sol, as buscas serão retomadas”, explica Tatagiba.

Últimas notícias