Adasa divulga metas “conservadoras” para reservatórios do DF em 2019

Volume mínimo do Descoberto este ano deve ficar em 46%, enquanto o de Santa Maria não pode ser menor do que 69%

Marco Peixoto/CaesbMarco Peixoto/Caesb

atualizado 11/06/2019 15:28

A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa) estabeleceu, para 2019, parâmetros em relação ao limite mínimo dos reservatórios que abastecem a capital (veja abaixo). Conforme a publicação no Diário Oficial do DF (DODF) desta terça-feira (11/06/2019), a meta estabelece que, entre 30 de outubro e 30 de novembro, na reta final da seca, o volume do Descoberto fique em pelo menos 46%. No mesmo período, o nível em Santa Maria não pode ficar menor do que 69%.

A política de criar metas e divulgá-las nasceu na época da escassez hídrica, em 2017. Atualmente, a medida é aplicada pela Adasa como instrumento de gestão e, principalmente, como forma de comunicação com a sociedade, segundo o diretor da agência, Jorge Werneck. “É mais um legado da crise hídrica. A estimativa é conservadora e, se os níveis forem cumpridos, estaremos bem. Se descer, teremos que parar para conversar”, frisa.

Com as metas cumpridas, a Adasa também concederá autorização para a Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb) aumentar a captação de água do reservatório do Descoberto entre setembro e outubro deste ano. Atualmente, a empresa pública retira 4,3 metros cúbicos por segundo e passará a poder captar 4,5 metros cúbicos por segundo.

Para tanto, o nível do volume útil do Descoberto deverá ser de pelo menos 73% em 31 de agosto. Se houver transbordo, a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb) terá autorização para captar até 5 metros cúbicos por segundo do reservatório.

“Todos parâmetros são bem acima do que constatamos no ano passado. Não significa que não tenhamos mais de utilizar a água de forma racional. Temos de continuar o trabalho com a população participando para não desperdiçarmos. Nunca mais queremos crise hídrica”, ressalta Werneck.

Veja abaixo curva de referência para o reservatório do Descoberto:

Divulgação/Adasa

Veja abaixo curva de referência para o reservatório de Santa Maria:

Últimas notícias