Celebridades, subcelebridades e tudo sobre televisão de maneira ácida e divertida.

Sarah Poncio reclama que internet está insuportável: “Não tenho paz”

Influencer reclamou de mensagens que recebeu após aparecer séria em um vídeo feito pelo irmão, Saulo Poncio

atualizado 07/10/2020 10:31

Sarah PoncioReprodução/Instagram

A influencer Sarah Poncio foi às redes sociais desabafar, na madrugada desta quarta-feira (7/10), sobre a negatividade que ronda a internet.

Nos vídeos, postados nos stories, ela conta que recebeu muitas mensagens negativas, após o irmão, Saulo Poncio, publicar um vídeo brincando com ela, que continuava séria.

0

“Parei para ler meu directs agora e vi muita gente falando umas coisas. Gente, a internet hoje em dia está insuportável. Não vale nem a pena parar para ver, não sei nem porque eu perco meu tempo. Mas, gente, sério, vocês ficam sorrindo 24 horas por dia? Só para eu saber”, questionou a mulher de Jonathan Couto.

Sarah explicou que Saulo e Gabi Brandt a chamaram de Barbie, por conta da roupa toda rosa, mas que ela não percebeu na hora, porque estava em uma conversa importante no celular.

“Estava respondendo uma mensagem super séria, falando com a minha médica. Sério, não é possível que sair um vídeo meu séria é um motivo para as pessoas falarem tanta besteira. Não consigo entender. E várias pessoas se acham as donas da razão e, gente, nem tudo está aqui no Instagram”, desabafou.

“Insuportável”

Para ela, está cada vez mais difícil lidar com redes sociais. “Está insuportável, chato já, não tenho um momento de paz no Instagram. A internet está, realmente, se perdendo”, reclamou a influencer, ao relatar ainda os ataques que recebe cada vez que posta fotos ou vídeos dos filhos José, de 3 anos, João, de 1, e Josué, de menos de 1, de seu casamento com Jonathan Couto.

“Posto de um filho, estou excluindo os outros filhos. Posto foto dos três e ‘ai, tem um filho que está em pé’. Acabei de ver uma mensagem de uma menina: ‘Sua máscara caiu, cadê aquela meiguice que a gente vê no Instagram?’. Gente, pelo amor de Deus.”

Últimas notícias