Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

“Tudo o que sinto”: prostitutas comentam canção de Marília Mendonça sobre elas

Novo sucesso de Marília Mendonça, Troca de Calçada foi lançada nesta sexta-feira (29/1)

atualizado 29/01/2021 19:07

Marília Mendonça em showDivulgação

Depois de emplacar diversos hits sobre amor, traição e muita bebedeira, Marília Mendonça resolveu quebrar tabus e, agora, canta sobre a da vida das garotas de programa. A coluna resolveu conversar com algumas profissionais do sexo, que deram o seu pitaco sobre a letra de Troca de Calçada, novo single da cantora sertaneja, lançado nesta sexta-feira (29/1).

“Marília foi maravilhosa. Ela relatou o que muitas de nós sentimos. Eu costumo dizer que tem dois tipos de garota de programa. Aquela que faz pelo luxo e aquela que faz por necessidade, assim como eu”, diz Mayara, de 28 anos, que trabalha em Goiânia.

“Tenho um filho especial e dedico grande parte do meu dia para ele em terapias, todos os dias. É impossível trabalhar de carteira assinada. A única hora que tenho é a noite pra ganhar dinheiro e trazer alimento para ele e minha outra filha. Essa música relatou tudo o que eu sinto. As pessoas julgam sem saber da minha história. Eu não tenho escolha, mas é claro que não queria ser uma vergonha para minha família”, desabafou.

0

Ela não foi a única que sentiu-se tocada pela poesia de Mendonça. “A letra me tocou de maneira bem pessoal. Ela retrata o que uma garota de programa realmente sente. Acho que ela conversou com alguém que trabalha na área sobre o preconceito. Achei incrível como a Marília descreveu certinho a realidade da maioria de nós. A gente fica descrente dos homens por vê-los atendendo o telefone chamando a esposa de amor e, logo em seguida, deitar conosco na cama”, disse Duda Oliveira, de 22 anos, brasileira que trabalha como prostituta em Madrid, na Espanha.

Jessica Borges, de 26 anos, trabalha como garota de programa também em Goiânia e exaltou a nova faixa da cantora. Ela revela que o verso no qual a sertaneja usa as palavras “congelar o coração” para ser capaz de atuar na profissão lhe representam profundamente. “É difícil para quem sofreu decepções atrás de decepções. O lado financeiro acaba sendo o arremate final para que a gente escolha esse caminho. Aos meus olhos, dinheiro nenhum no mundo é sujo. Quando as necessidades apertam, não existe isso. Nessa vida, é a mais pura verdade: sempre termos que colocar o coração em quinto plano para o corpo ficar quente”, disse.

Assista

“Não uso nome de guerra, uso o meu mesmo. Se tem uma coisa que não tenho vergonha é do que faço. Nas dificuldades que passei, não tive ninguém para me dar apoio. As decepções que vivi doeram muito mais que o nojo que as pessoas possam sentir de mim”, finalizou.

Composta há anos pela artista, a canção nunca tinha sido gravada. Segundo ela, foram os seus fãs, no Twitter, que pediram pelo lançamento. Na letra de Troca de calçada, Mendonça aborda a prostituição feminina em versos escritos sob a ótica de uma mulher que, por circunstâncias sociais ou não, foi levada à vida de meretriz, sofrendo com o julgamento moral do círculo em que vive.

Últimas notícias