Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Prejuízo milionário: balada que naufragou pertencia a Alvaro Garnero

Dejour Club, primeiro clube flutuante do mundo foi arrastado para alto-mar após passagem de um ciclone extratropical

atualizado 10/08/2022 17:57

Álvaro Garnero é proprietário da Djour Club (Reprodução/Montagem)Álvaro Garnero é proprietário da Djour Club (Reprodução/Montagem)

Construída em Balneário Camboriú (SC), a Dejour Club, primeira balada flutuante do mundo e que acaba de naufragar após a passagem de um ciclone extratropical que a arrastou para alto-mar, pertencia ao empresário e apresentador Alvaro Garnero. A estrutura se desprendeu com os fortes ventos na manhã desta quarta-feira (10/8) e foi levada embora. Imagens impressionantes do momento foram registradas e enviadas à coluna LeoDias.

Nossa reportagem entrou em contato com Garnero, mas não tivemos retorno até a publicação desta nota. Ao tempo em que a plataforma de 950 metros quadrados era levada pelo ciclone, barcos de resgate foram acionados para tentar conter, mas não demorou muito para que a estrutura partisse ao meio até naufragar.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

A Dejour Club era dividida em diferentes espaços: lounges com espreguiçadeiras voltadas para o mar, piscinas e camarotes com vagas para barcos de diversos tamanhos – um deles, com jacuzzi. O espaço comportava até 700 pessoas. Como informado pelo portal NSC Total, parceiro do Metrópoles, não havia ninguém no local no momento do ocorrido.

Fique por dentro!

Para ficar por dentro de tudo sobre o universo dos famosos e do entretenimento siga @leodias no Instagram.

Agora também estamos no Telegram! Clique aqui e receba todas as notícias e conteúdos exclusivos em primeira mão.

Mais lidas
Últimas notícias