Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Nua, exame de HIV e sedativo: o que ex de presidente da Universal passou em clínica

Segundo Helena, sua internação foi forçada e ela está processando o ex-marido por mantê-la em cárcere privado

atualizado 10/08/2021 16:02

Paulo Lima Universal Music e mulherDivulgação/Reprodução/ Instagram

Helena Lima, ex mulher de Paulo Lima, presidente da Universal, uma das maiores gravadoras do país, ficou internada em 2019 em uma famosa clínica psiquiátrica no Rio, o Espaço Clif.

Segundo Helena, sua internação foi forçada e ela está processando o ex-marido por mantê-la em cárcere privado. Em conversa com a coluna, Helena contou alguns dos momentos de terror que viveu durante sua internação.

“Tive que ficar nua de cócoras, agachar três vezes. Não sou usuária de drogas, nem nunca fui. Fiz toxocológico, soprei bafômetro. Ainda teve uma história que meu ex mandou passar pente fino em mim. Isso significava fazer exame para verificar se tinha IST, como se eu fosse uma puta, pois não queria mais o casamento e me envolvi durante o processo de separação com outro homem. O exame de HIV tem que autorizar por escrito. Eu estava dopada e assinei de olho fechado, não lembro direito”, conta.

Procurado, o Espaço Clif Mente e Vida disse que os diretores da clínica retornariam a ligação para dar o posicionamento da unidade, mas eles não o fizeram.

Mais lidas
Últimas notícias