Tudo o que rola no universo dos famosos e da televisão, sob o olhar atento de Leo Dias e equipe.

Especialista explica o porquê do desmaio de Felipe Neto em live

Segundo ele, o incidente aconteceu porque não se preparou adequadamente para a live, que durou mais de quatro horas.

atualizado 28/11/2021 14:16

felipe neto live black fridayReprodução/Instagram

O influenciador digital Felipe Neto abandonou ao vivo uma live de promoções da Black Friday que aconteceu nesta última quinta-feira (25/11). Momentos após se retirar de cena, apresentou uma sincope (desmaio) e precisou ser atendido pelos bombeiros. O doutor José Fernandes Vilas, pesquisador da síndrome de Burnout e autor do livro Quando o Sucesso Vira burnout, comenta sobre o ocorrido com o famoso.

“Para muitos, parece um show de estrelismo já que era sua função estar ali como contratado, visto que seu cachê é sabidamente vultuoso, mas explicarei como este fato pode ser muito mais que um simples caso de ‘chamar a atenção’ ou um golpe de mídia das Lojas Americanas junto ao seu contratado para evocar mais olhares para o evento”, comenta Vilas.

 

0

 

Como já é sabido de todos, o influenciador vem em tratamento para depressão há alguns anos, e de acordo com a divulgação em suas redes sociais em 2021, sua depressão tem apresentado sinais e sintomas em seu dia a dia, principalmente após se contaminar por Covid-19.

“Mas falando sério, a Covid tá mexendo muito com meu psicológico. Depressão foi profundamente intensificada. Espasmos de raiva inexplicáveis. Eu passei o fim de semana quase sem me mexer e não lembro direito do que aconteceu. Como ainda tô instável, vou evitar o Twitter um pouco”, declarou Felipe Neto.

“Eu não sentia os sintomas da minha depressão há um bom tempo por causa da medicação e terapia. Hoje senti tudo exatamente igual a antes do tratamento. Tô começando a me sentir melhor agora. Essa doença não vai embora e é uma M** saber que ainda pode ser ativada.”, comentou o influencer.

Felipe também revelou que ficou sem vontade até de comer: “Não tive força pra comer, comi quase nada o dia inteiro, a comida parece que é um peso, um sacrifício. A sensação profunda e dilacerante de tristeza e ódio, lá no fundo, muito ódio e muita tristeza. Como se tudo no mundo estivesse certo e eu que sou um erro”, declarou ele.

Segundo o especialista, com a fala do próprio influenciar sabemos que existe o transtorno de humor depressivo, popularmente chamada de depressão, neste caso, mas não podemos deixar de elucidar que existe algo dentro deste cenário que é a Síndrome do Esgotamento Profissional – Burnout.

“Felipe faz parte do grupo seleto dos maiores influencers do Brasil, onde sua necessária e extenuante atividade laboral é em tempo integral. É extremamente cansativo pensar 24h em produção de conteúdo para alimentar as redes. Pensar nos detalhes, governar a equipe de produção, elaborar conteúdo, saber o que o público quer ver não é uma tarefa simples. É extremamente complexa”, explica José.

De acordo com o pesquisador, o potencial adictivo do uso das redes sociais pode levar o influencer a uma situação de vulnerabilidade psicológica e para quem trabalha nesta proporção como a de Felipe, os danos psicológicos são imensuráveis.

Divulgada recentemente, em novembro de 2021, uma pesquisa feita por cientistas do Departamento de Psicologia da Universidade da Pensilvânia (EUA), constatou que a diminuição do tempo de uso das redes sociais leva a consideráveis reduções de depressão, solidão e burnout.

Mais lidas
Últimas notícias