Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Michelle frustra campanha de Bolsonaro em estreia de “carreira solo”

Primeira-dama decidiu não viajar ao Recife para eventos com mulheres pela Caixa Econômica e por lideranças evangélicas

atualizado 02/08/2022 12:49

Michelle Bolsonaro durante convenção do PP Igo Estrela - Metrópoles

A primeira-dama Michelle Bolsonaro frustrou integrantes da campanha do marido ao decidir não viajar ao Recife (PE), nesta terça-feira (2/8), para participar de eventos com mulheres promovidos pela Caixa Econômica, pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e por lideranças evangélicas.

A logística para Michelle viajar à capital pernambucana estava programada desde a semana passada. Como alguns dos eventos seriam oficiais, ela viajaria em um avião da FAB junto à ministra da Mulher, Cristiane Britto. A ex-ministra Damares Alves acompanharia a primeira-dama, mas também decidiu não ir.

Seria a primeira viagem de “carreira solo” de Michelle na campanha à reeleição de Jair Bolsonaro. Como vem mostrando a coluna, estrategistas da campanha querem usar a primeira-dama para tentar diminuir a alta rejeição do presidente da República perante o eleitorado feminino.

Segundo auxiliares de Bolsonaro, Michelle desistiu da viagem ao saber que um dos eventos correlatos que ela participaria no Recife estava cobrando R$ 120 de entrada. O evento em questão seria um “brunch” com mulheres às 16h, organizado por uma associação evangélica.

Por ora, assessores do presidente dizem que a primeira-dama só pretende ir a viagens que o marido for. Uma delas está prevista para a próxima terça-feira (9/8), quando a Caixa lançará em São Paulo o programa “Caixa pra elas”. O programa incentiva o empreendedorismo feminino.

Mais lidas
Últimas notícias