Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Governo exonera aliado de Pazuello da superintendência da Saúde no Rio

Ministro da Saúde trocou coronel aliado do ex-ministro Eduardo Pazuello por general que comandava o setor de Saúde do Exército

atualizado 02/05/2022 16:22

Pedro Geraldo Pinheiro dos SantosDivulgação/Saúde

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, decidiu trocar novamente o comando da superintendência da pasta no Rio de Janeiro, reduto político do clã Bolsonaro.

Em mudança formalizada nesta segunda-feira (2/5) no Diário Oficial da União, foi exonerado do cargo o coronel reformado do Exército Pedro Geraldo dos Santos, nome de confiança do ex-ministro Eduardo Pazuello.

Para o lugar do coronel, o governo nomeou como novo superintendente do Ministério da Saúde no Rio o general de Divisão Alexandre Falcão Corrêa, até então diretor de Saúde do Exército.

À coluna, Queiroga minimizou a troca. “Ato administrativo normal da gestão. Conveniência e oportunidade”, afirmou o ministro, ressaltando que Falcão é uma indicação pessoal sua.

Pedro Geraldo tinha sido nomeado por Queiroga como superintendente do ministério no Rio em junho de 2021. Ele entrou no lugar do coronel George Divério, alvo de denúncia de irregularidades em obras sem licitação.

Antes de assumir a superintendência, Pedro Geraldo foi diretor do Departamento de Economia da Saúde, Investimentos e Desenvolvimento do ministério, cargo para o qual foi nomeado por Pazuello.

Mais lidas
Últimas notícias