Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Nomeação no RJ de militar ligado a Pazuello teve beneplácito de Flávio

Flávio topou nomeação sob condição de que Pinheiro dos Santos não mexesse com seus indicados na estrutura de hospitais e institutos federais

atualizado 16/06/2021 23:51

Divulgação/ Ministério da Saúde

A nomeação do coronel reformado Pedro Geraldo Pinheiro dos Santos, um nome da gestão de Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde, como superintendente da pasta no Rio de Janeiro, teve o beneplácito de Flávio Bolsonaro, que tem controlado a área federal da Saúde do Rio desde o começo do governo do pai.

Flávio topou um nome de Pazuello com a condição de que Pinheiro dos Santos não mexesse com seus indicados na estrutura de hospitais e institutos federais de saúde que o Rio tem.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna