Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Dallagnol recebe dobro do fundão de outros candidatos do Podemos no PR

Ex-procurador Deltan Dallagnol recebeu R$ 1,3 milhão do fundão do Podemos, o dobro de outros candidatos a deputado do partido no Paraná

atualizado 21/09/2022 19:36

Daniel Ferreira/Metrópoles

O Podemos privilegiou o ex-procurador Deltan Dallagnol na distribuição do fundo eleitoral para os candidatos a deputado federal do partido no Paraná. Ao todo, a legenda transferiu R$ 1,3 milhão do fundão a Dallagnol.

O montante é o dobro do recebido por outros dois candidatos que são aposta do Podemos no estado: Bibiana Orsi, que recebeu R$ 680 mil, e o ex-deputado Luiz Carlos Hauly, agraciado com R$ 600 mil.

Até antes da campanha, Dallagnol era crítico do fundo eleitoral. Ele faz parte do projeto “200+”, que, entre outros pontos, defende a extinção ou a redução do valor do fundão.

Quando o Congresso Nacional aprovou o aumento do fundo, em votação realizada em dezembro de 2021, o ex-procurador fez questão de ir às redes sociais criticar a decisão dos parlamentares.

Após o início da campanha, Dallagnol argumentou à coluna que “não usar o fundo é como ir para a guerra sem armas contra a velha política, que usa não só o fundo, mas dinheiro da corrupção nas suas campanhas”.

“Se os bons não usarem, os ruins usarão e terão mais dinheiro para se eleger, e várias pesquisas já documentaram que existe forte correlação entre recursos investidos em campanha e número de votos”, justificou.

Mais lidas
Últimas notícias