Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Após pedido de Ciro Nogueira, secretário de Doria pede demissão

Filiado ao PP, Alexandre Baldy pediu demissão da Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos de São Paulo nesta segunda-feira (18/10)

atualizado 18/10/2021 11:56

Reprodução

O secretário de Transportes Metropolitanos do governo João Doria, Alexandre Baldy, pediu demissão do cargo na manhã desta segunda-feira (18/10).

À coluna, Baldy disse que entregou sua carta de demissão hoje ao governador e contou que deve deixar o posto até a próxima quarta-feira (20/10).

No lugar dele, assumirá o comando da pasta o atual secretário-executivo, Paulo Galli. Aliado de Baldy, Galli é ex-vice-presidente da Caixa Econômica.

Filiado ao Progressistas, Baldy deixou o cargo a pedido do ministro da Casa Civil do governo Jair Bolsonaro, Ciro Nogueira. O ministro comanda o partido.

Como a coluna noticiou em 29 de setembro, Ciro pediu a Baldy que deixasse o cargo para coordenar a estratégia eleitoral do Progressistas para as eleições de 2022.

Ex-ministro das Cidades do governo Temer e ex-deputado federal, Baldy será candidato ao Senado por Goiás. Ele tinha assumido o posto no governo Doria em 2019 por indicação de Ciro.

Últimas notícias
Mais lidas