Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Além de Milton Ribeiro, PF prendeu genro de pastor lobista do MEC

Helder Bartolomeu é casado com a filha do pastor Arilton Santos, a mesma que comprou um veículo da esposa do ex-ministro da Educação

atualizado 23/06/2022 12:17

Ministro Milton Ribeiro e o pastor Arilton MouraLuis Fortes/ MEC

Considerado um dos principais atores do suposto esquema de corrupção no MEC que culminou com a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, o pastor Arilton Moura Correia não foi o único membro de sua família preso pela Polícia Federal nessa quarta-feira (22/6).

Entre os outros detidos pela PF está o ex-assessor da Prefeitura de Goiânia Helder Bartolomeu, que vem a ser genro de Arilton. A coincidência não para por aí. Helder é casado com Victoria Camacy Correia Bartolomeu, uma das filhas do pastor que acabou arrastada para o caso.

Como revelou a coluna, Victoria foi a filha de Arilton que oficialmente comprou um carro da esposa do ex-ministro, Myriam Pinheiro Ribeiro. Documentos obtidos pela coluna mostram que o veículo foi vendido pela família Ribeiro a Victoria Bartolomeu por R$ 60 mil.

0

A transação de venda do carro tem sido usada pela defesa do ex-ministro para justificar a movimentação suspeita na conta bancária da família Ribeiro, a qual, segundo fontes envolvidas na investigação, teria sido determinante para a Justiça Federal decretar a prisão preventiva do ex-ministro.

A movimentação financeira suspeita foi identificada em uma investigação da Controladoria-Geral da União (CGU). Sem dar detalhes, o órgão emitiu nota nessa quarta comunicando apenas que repassou a informação à Polícia Federal e ao Ministério Público Federal.

O envolvimento do genro de Arilton no esquema de corrupção no MEC só veio à tona após a prisão de Helder Bartolomeu nessa quarta. Helder chegou a participar de um evento sobre a liberação de recursos no Ministério da Educação a pedido de seu sogro.

Mais lidas
Últimas notícias