Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

“Alcolumbre ficou marcado”, diz deputado após Senado aprovar Mendonça

Para evangélicos, Davi Alcolumbre "se mostrou pequeno" ao trabalhar contra a indicação de André Mendonça ao STF

atualizado 01/12/2021 20:28

Antonio Augusto / Câmara dos Deputados

O deputado federal Marco Feliciano (PL-SP) deu uma amostra, na noite desta quarta-feira (1º/12), de como os evangélicos pretendem tratar Davi Alcolumbre (DEM-AP) daqui para frente, após o Senado aprovar a indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF), mesmo com a atuação contrária do senador.

“Ele só mostrou o tamanho dele. Davi Alcolumbre se mostrou pequeno. Insignificante diante de toda a ajuda que o movimento evangélico deu a ele no estado. Davi, infelizmente, ficou rotulado e marcado”, afirmou Feliciano à coluna, logo após plenário o Senado aprovar o nome de Mendonça por 47 votos a 32.

Assista ao vídeo:

Feliciano disse que, como cristão, Mendonça não deverá tratar Alcolumbre como “inimigo”. Mas fez um alerta: “Nossa máxima é o perdão. Mas John Kennedy disse: eu perdoo os meus inimigos, mas não esqueço o nome deles. Não sei se essa será a atitude do André”, afirmou o parlamentar do PL de São Paulo.

Mais lidas
Últimas notícias